Fics

online
Love is not a feeling... It's strength.
Sábado, 12 de Setembro de 2009

13º Capítulo - Espera por Mim

Hey,

Também gosto deste capítulo e tenho a sensação que me vão matar no final... mas eu sou muito resistente :D

Portanto... Capítulo para a Ritaa ! Vou fazer a ceninha do selo assim que chegar a casa, que aqui a net é bem contadinha e é só para postar para vocês! ;)

 

Não quero ir para a escola --' fui ontem ver os horários e tenho uns nomes interessantes na minha turma e um horário razoável. MAS fez-me confusão ver tanta gente. Quero voltar ao meu estado antisocial ;(

 

Beijinho beijinho,

Marii K.

 

 

13º Capítulo
Claro
 
 
 
        Toquei-te levemente. Não te movias. Gritei e não me ouvias. Beijei-te e não me sentias. Olhei-te mas não me vias.
        Não me faças viver pesadelos. Fica comigo. Ama-me e olha-me. Sente-me e ouve-me.
        Fica.
 
*
 
        Então se tudo era tão complicado… pensei se a realmente traísse. O que iria sentir? Ao mesmo tempo que era puxado para ti, um olhar de Allison fazia-me recuar... Era o efeito do meu escudo.
        Mas isso era antes. Agora mudou…
 
 
        Toquei-te levemente. E foi o que bastou. O rastejar da minha pele na tua fez com que despertasse naquela infinita palestra.
        Abri os olhos e fixei-te com medo. Estavas ali.
        Concentrada na palestra que durava já há uma hora. Perguntei-me porque razão te tinhas sentado ao meu lado, se neste mês te tinha ignorado.
        E só te olhava. Preocupado com o que pudesse fazer e com o que me pudesses dizer. Primeiro os olhos cinza, como sempre era a primeira coisa que me fixava em ti; não era o cabelo como muitas pessoas o fazem. Depois os lábios de um vermelho exótico.
        - Queres que me vá embora? – Perguntaste educadamente.
        De facto… Sim. Não, Sim. Era… Sim
        - Não
        - Está bem. A seguir posso falar contigo? – Sempre com os olhos no palco, a única coisa que se movia era os teus lábios e os olhos a piscar.
        Mais uma vez não sabia se responder sim ou não.
        - Claro – o pior que podia ter respondido.
        Ergueste-te da cadeira da plateia da sala de palestra e subiste as escadas rapidamente, tropeçando num degrau. E tenho de confessar que mais uma vez olhei para o teu corpo. Pequeno mas definido. Era diferente do da Allison, que era alto e perfeito à vista de todos. A tua beleza era como se fosse oculta, mas a mim sempre me tinha ofuscado. Eras algo que não conseguia explicar.
        Olhei o homem atarracado no centro do palco, com uma caixa de onde ia retirando amostras de preservativos e outros métodos contraceptivos, e pensei no que estava realmente ali a fazer. Devia saber mais de actividade sexual do que aquele miserável careca coberto de flacidez. Saí do meu lugar e percorri os mesmos passos que tu. Abri a porta com força e só quando te vi depois esfregar as costas é que percebi que estavas lá encostada…
        - Desculpa – disse.
        - Não faz mal… foi estúpido estar aí encostada.
        Continuaste em silêncio, esfregando as costas e eu ali desamparado, sem pensar no motivo de ter saído daquela palestra supostamente obrigatória.
        - Aprendeste alguma coisa sobre a tua vida sexual? – Perguntaste-me com uma expressão maliciosa que mal me fitava.
        - Não devias estar lá dentro a assistir?
        - Tu não? Eu só fui porque tinha a certeza que estarias lá. – Paraste um momento e olhaste o corredor vazio. – Olha, daqui bocado vem o Hecto buscar-te pelas orelhas por isso… podemos ir para outro sítio?
        - Uhm… Sim. Onde?
        - Fora da escola de preferência – Referiste.
 
        Não queria mesmo ir muito longe. Decidi pelo caminho silencioso, que o carro era a melhor opção.
        - Giro. – Disseste enquanto olhavas o rádio vermelho e preto que não combinava muito com o carro.
        - Foi o meu irmão… - Disse tenso.
        - Tens um irmão?
        - Gémeo
        - Então devem dar-se muito… Irmãos gémeos é daquelas relações mesmo bonitas
        - Pois…
        - Pois? Isso é um não?
        - Não… Mais ou menos.
        - Então? – Perguntaste curiosa, mas também estavas no teu tom que me fascinava. Não sabia como ele me iria curar.
        Decidi ser directo. Era a ansiedade que me matava. Mas não sabia se devia apressar as coisas. Não queria que te fosses embora.
        - Não querias falar comigo?
        - Queria. Olha, como se chama o teu irmão?
        - Tom.
        - Tom Kaulitz – Experimentas-te – É forte, como o teu. – Esperas-te um momento e depois fixaste os meus olhos – Gostas de Charlotte Wild?
        - Gosto… É o teu?
        - Sim. Charlotte Wild Baudelaire  
     
 

 



abdominais:
De Ritaa a 12 de Setembro de 2009 às 20:02
MEU! 8D
Não, não te vou matar, mas tenho que admitir que tu é que me matas a mim de curiosidade! -.-'
Fiquei com a ligeira impressão que a menina Baudelaire gosta do menino Kaulitz! *.*
E esta conversa pode acabar num beijinho, ao menos; não pode? ;D Eu quero! *-------*
E preciso urgentemente do próximo capítulo, antes que a ansiedade me consuma. :o


De Ritiik a 12 de Setembro de 2009 às 20:22
Hey!
Oh Gott, ela finalmente lhe deu o nome e é... selvagem hahahaha 8'D
Ai, o Bill tem de resolver as coisas com o Tom, nao gosto nada disto assim .__. estão os dois a sofrer, mas vá...
Eles estão juntos no carro Ö
Opaah, eu quero ver como vai ser a conversa, pah! Ö
Ainda me dá um fanico PAHAHA
Maaais
Beijinho, Mariana (:


De Maria a 12 de Setembro de 2009 às 20:38
Hi sweety! x)

Gostei muito do capítulo...voltaram a falar novamente, mas agora quero saber o que acontece a seguir! :D
Estou super curiosa..
Ela é mesmo querida...gosto imenso dela [nunca me canso de o dizer :P]

OMG...agora quero o próximo capítulo :D
Beijinhos muito grandes, dear!
:D


De Helena Manson a 12 de Setembro de 2009 às 21:27
OMFG! Mas tu paras-me aqui O.O
Ela disse-lhe o nome completo, lálálá
O Bill está apanhadinho pela Charlotte *.*
Posta mais, aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa O.O

E depressa 8D


De mariianna a 12 de Setembro de 2009 às 21:33
Eu não te vou matar ^^. *mas tens que postar outro rapidamente x)*
Continuo a ser 'Team Ally' *sim, já me decidi xD* .
O que é que a Charlotte tem para dizer ao Bill, an ?
De facto, a relação dos gémeos é mesmo esquesita, deve-se ter passado alguma coisa ! Quero que se voltem a dar bem, se é que alguma vez estiveram totalmente bem :s .

Beijinhos


De T'Girl a 13 de Setembro de 2009 às 10:23
como é que te podia matar se isto está lindo????

olha por a Charllote falar nos gémeos

o que é que se passa com eles??? entre eles há assim um clima um bocado coiso :S

esquisito...

posta mais por favor

beijinhos


De SoniaKaulitz a 13 de Setembro de 2009 às 11:45
OLa, bem primeiro quero pedir mtassss deculpas porque tenho lido todos os capitulos mas nao os tenh0o comentado , por estes dias tenho andado mto ocupado, desculpa-me ok, eu sei que isto nao se faz mas teve de serrrr.
Agora a fic...o que vou dizer sobre ela? Esta fic esta absolutamente perfeita miuda, mezmo nao imaginas a pica que me dá ler esta fic, esta tao diferente do que ja havias escrito, gosto da maneira como o Bill descreve as coisas e depois as coisasd ja estao a acontecer enquanto ele as descreve ...opah sei la , so sei que adoro. Bjiinho
( já viram as musicas do Humanoid? Omg mas keke é akilo? Estao perfeitas todas)


De Tommazinha a 13 de Setembro de 2009 às 13:19
Hallo!!!
Então acabasse assim um capítulo? E agora? Quero saber maisssss?
Tu queres dar cabo do nosso coraçãozinho, só pode!!
Bom, de qualquer das maneiras eles já estão encaminhados...dentro do carro, sozinhos...xD
Isto vai aquecer!!
Escreve ++++++++++++++++, agora mais do que nunca =D

Bjão grande


De Melancia a 13 de Setembro de 2009 às 21:17
Hallo! Também n quero comecar as aulas :(

Lol, a tensão do Bill era mais que visivel no capitulo. Ha muito que queria dizer isto mas esquecime, amo as conversas referentes a Charlotte, porque ela de facto domina a conversa. O poder que ela exerce nele é obvio, é notorio. Estruturaste de acordo com o que ele tem vindo a descrever. Ela mostra ser simples mas contem algo que a torna especial, unica! Quero mais!

kuss


De Joanne a 14 de Setembro de 2009 às 20:29
Ok, agora fiquei mesmo curiosa. O que é que ela lhe quer dizer? Oo
Mas aquelas introduções aos capítulos querem dizer que ela foi embora? =O Ai God, eu tenho de ler, eu tenho de ler!


Comentar post

Song.

One Republic - Secrets

Download this Mp3 @ Booster MP3

Anteriormente

Feliz Natal

Psychiatrist Me #2

Psychiatrist Me #1

Assusta-me

Arquivo

Votação

Queres a proxima fic baseada na musica:
Alien
World Behind My Wall
That Day
Phantomrider
Attention
Zoom Into Me
In Your Shadow (I Can Shine)
  
pollcode.com free polls
online