Fics

Love is not a feeling... It's strength.
Quinta-feira, 9 de Julho de 2009

14º Capítulo - Odeio-te a Ti

Hey,

Vocês são umas taradas, só gostam é daquiloo! Sim eles sexaram, e vejam lá se vocês tomaram atenção a outras coisas? xD suas porquitaaas, eu fiz de proposito ^^

Anyway,

Vim informar que vou para Barcelona no sábado de manhã, e só volto na quarta, depois vou para o Algarve, mas lá posto.  Ou seja... 5 diazinhos sem postar, mas não me abandonem! *.*

 

Vou ter saudades vossas, mas vou-me só despedir amanhã ^^

Gosto do capítulo!

 

Beijinhooo@

P.S.: Bem vinda Sofia!

Marii K.

 

 

Catorze
O tique
 
 
 
 
            - Amanhã… - Começou Tom com a cabeça sobre a barriga de Meg.
            Ouviu carros a arrancar na estrada, a música do bar ficava mais baixa, perdendo gradualmente o som. As correntes roçavam o chão para trancar as portas e a voz dos homens cansados de mais uma noite de trabalho era inaudível. Calculou o tempo que passava de uma noite perfeita. Uma noite em que se relembra-se de todos os sorrisos, de todas as frases, de todas as companhias e diversão que tinha sentido. Mas era tudo ofuscado pela visão de Meg, com seu cabelo de caracóis densos em contacto na pele de seda nua. Eram os seus olhos fechados em prazer e os lábios mordidos em desespero de satisfação que percorria a sua mente vezes sem conta.
            Não continuou a frase, beijou-lhe a barriga minuciosamente durante largos segundos e sentiu as mãos de Meg percorrerem-lhe mais uma vez as costas, o seu olhar voltar à forma de um sorriso, que confirmou nos seus lábios.
            Pousou as mãos sobre o seu peito e rodou em cima dele. Tom soltou uma gargalhada seca e de satisfação, com Megan em cima de si.
            - Então Meg, tens medo que eu fuja?
            Ela sorriu enviesadamente e passou-lhe um dedo pelo peito, atirou a cabeça para trás para tirar o cabelo dos olhos e beijou-lhe o mamilo, descendo pela barriga, arrastando o lábio. Tom enlouquecia ao sentir a sua respiração na pele descoberta e mordeu o lábio quando se apercebeu da localização da boca de Megan, descendo pela bacia, cada vez mais para baixo.    
            Repentinamente, uma amaldiçoada mão bateu no vidro do carro, sobressaltando Tom, que logo ergueu o tronco.
            - Não quero saber! – Gritou Meg, contrariada ao beijar os seus lábios ao invés do seu torneado corpo.
            - Tom! Dás-me boleia?!
Gritou uma voz, correspondente à mão que tentava desembaciar o vidro em vão. O calor estava lá dentro, nada podia fazer. Bateu repetidamente, até ver a expressão irada de Tom com a cabeça de fora da porta do carro, tentando vestir a t-shirt.
- Ups. – Desculpou-se Kyle.
- Pois! Não é preciso dizer mais nada, pois não?! – Rosnou Tom.
- Eu vou a pé…
Kyle bufou, afastando-se com as mãos nos bolsos, e Tom voltou a fechar a porta. Quando pousou de novo o olhar em Meg, já ela estava de calças vestidas e soutien, procurando o top desesperadamente.
- Então? – Gemeu o rapaz, desapontado.
- Tens de me levar a casa, o meu pai… - Não continuou, encontrou a peça de roupa desaparecida e vestiu-a de imediato, comprimindo os lábios para não falar mais.
- Tudo bem, ele vai chegar agora? Tens mesmo de ir?
- Sim.
Ele arregalou os olhos e agarrou as calças, vestiu-se rapidamente e observou Meg dirigir-se ao lugar do passageiro. Agarrou no telemóvel e ligou-o com impaciência, enquanto batia com o pé no chão. O seu tique, Tom conhecia-o desde há muito.
- Ainda fazes isso com o pé?
- O quê? – Meg olhou para o pé que tremia incessantemente e fez um sorriso rápido. – Parece que sim.
Tom acabando de se vestir, mudou para o lugar do condutor e ligou o motor, começando a conduzir rapidamente. A viagem era silenciosa, Meg batia o pé no chão cada vez mais rápido, com o olhar pregado no vidro. Enquanto os pensamentos de Tom se tornavam mais preocupados e convergentes, enchiam-se de pura tristeza.
Ainda mal tinha o carro parado, Megan tinha o pé de fora do carro e estendia a cabeça para o beijar nos lábios quase de raspão.
- Obrigada.
Saiu do carro quase a correr e entrou pela garagem, onde já se encontrava o carro do pai. Viu-a bater com o pé no chão, irada e a desaparecer pela porta que dava para a cozinha, fechando o portão no botão.
 
Na altura em que fechava a porta do quarto em silêncio, se despia das roupas que cheirava gradualmente, sentindo o seu cheiro tão presente. Suspirou e atirou-se para cima da cama, pensando como ia sobreviver na manhã seguinte, quando Megan não lhe ligasse, ou mesmo desviasse a cara a olhá-lo de novo. Com aquele olhar culpado, mudado desde o acidente.
Ambos sabiam que o que tinham feito era uma história que parecia exagerada, daí a judiciária não ter posto essa hipótese, deixando o caso arquivado. Ambos sabiam que toda a cidade, consideravam Meg como a maior vítima. Ambos sabiam que todos os vizinhos e amigos consideravam Brenda Thompson uma mulher fiel e inocente, apenas com uma filha nos braços.
Mas também, ambos sabiam que tudo isto era mentira.
I'm: happy ;D
Song: Maria - Green Day


abdominais:
De Ritiik a 9 de Julho de 2009 às 23:36
Hey!
Oh Gosh... isto é tao emocionante *g*
Eu fico deprimida sempre que a Meg reage mal com o Tom... mas... eles praticamente mataram a mãe dela - maioritariamente o Tom.
E... se eu fosse ela, seria mt dificil perdoá-lo =X
Mas coise, maais
Beijinho *


De Tommazinha a 10 de Julho de 2009 às 00:05
Love is in the air ^^
Ai o amorzito, o q faz as pessoas...
Bem, pelo q percebi a Brenda Thompson e a mae da Megan. E o resto??? N morreram 2 pessoas?
Que confusao xD

Ohhhhhh, vais ficar 5 dias sem postar. N vou aguentar Marii!!!!
Eu preciso da tua fic, isto e um vicio. Vou ter saudades...

Quero +++++++++++

Bjao grande ;)


De Joanne a 10 de Julho de 2009 às 01:55
Ai querem ver que a mãe dela traía o pai e tinha outro filho? Oo
{ eu estou a supor isto pelo ultimo parágrafo que li xD}
Eu estou a ver é que tenho mas é de ir ler isto tudo outra vez para ver se descubro o segredo algures por aí perdido.
Posta mais *---*
Nem sei como vou aguentar 5 dias sem a fic :c
Beijinho


De a 10 de Julho de 2009 às 10:37
Hey :)
Raios partam o Kyle '--
xD
Isto está cada vez melhoooor :D
Quero maiiiis ^^
5 dias sem fic? Ohhh, vou ter saudadeees

beijinhos


De Maria a 10 de Julho de 2009 às 14:13
Hallo querida! ^^

OH God isto está demais! Cada vez melhor e melhor...^^
Mal posso esperar por ficar a saber de tudo...saber o que aconteceu ao certo...xD

5 diazinhos sem ler, oh God...não sei se aguento, mas tem que ser! ^^

Kiss muito grande, dear...e diverte-te muito!
xD


De rutef_47 a 10 de Julho de 2009 às 16:43
e a mascara vai voltar a aparecer?? depois de uma noite como esta isso ja devia ter desaparecido... eles deviam ultrapassar isto juntos... seria tudo mais facil!

bem hoje ainda postas certo?? estou ansiosa!!


De mariianna a 10 de Julho de 2009 às 20:01
Eu não quero que a Megan volte a igonar o Tom como dantes!
Eu não quero que eles se separem.
Eu não quero que deixes de postar por 5 dias.

Mas eu quero compreender melhor o assassinio :D

Beijinhos e muito boa viagem, espero que venhas com mais vontade de escrever [e que contes depressa os promenores do crime ] ^^


De Thaís a 10 de Julho de 2009 às 21:20
Malz por não vim aqui antes, mas eu estava ocupada!
Good isto está mesmo a ficar bom (666
pelo que eu entendi eles mataram a mãe dela? por qual motivo?
What? 5 days? no! ok ok tenho que esperar

P.s essa musica ficou perfeita!


De SoniaKaulitz a 10 de Julho de 2009 às 22:00
Ok eu amo esta fic ( sou repetitiva eu sei e chata mas olha ) e n posso pensar k n vais postar 5 dias eu faleço de certeza.....tou viciadamente viciada nisto ....mas ok tb tens direito a ferias e vela se durante 5 dia´zinhos voltas cm ideias freskinhas pa fic fikar inda mais bombastica....tou a amar......ta bue da bue =)


De Maryan a 6 de Dezembro de 2009 às 14:24
SORRY ABOUT THIS! when you are reading this dont stop or something bad will happen! My name is summer i am 15 years old i have blonde hair,many scars no nose or ears..i am dead.if you dont copy this just like from the ring, on 5 more sites.. or..i will appear one dark quiet night when your not expecting it by your bed with a knife and kill you. this is no joke something good will happen to you if you post this on 5 more page


Comentar post

Anteriormente

Feliz Natal

Psychiatrist Me #2

Psychiatrist Me #1

Assusta-me

Arquivo