Fics

online
Love is not a feeling... It's strength.
Terça-feira, 10 de Março de 2009

13º Capítulo - Talvez no Futuro

Hey! 8D

Obrigada pelos comentários à fic e ao desenho e etc. =) eu prometo que posto o desenho novamente quando o acabar.

 

Ontem em Beja foi G.E.N.I.A.L. !

O meu workshop da manhã, era modelação 3D. Ou seja, tivemos a fazer desenhos animados em plasticina; de modo a ficarem como a Fuga das Galinhas ou assim =D! O meu boneco era uma menina que deixava cair o gelado e depois chorava, e fazia um miniclip daquilo. Tão brutal! =D

 

Não vos chateio mais com as minhas aspirações de fazer desenhos animados e etc xD.

 

Beijinhoooo@

 

P.S.: Qualquer erro, coiso, peço desculpa, mas a escola dá-me cabo dos neurónios xD.

 

 

13º Capítulo
 
 
            As saudades são como fogo. Uma vez aceso, se for suficientemente grande, requer muita persistência para o apagar. As saudades tornam-se, por vezes, impossíveis de apagar. O seu combustível é a distância, o amor tenta neutralizá-la.  
            A saudade queima parte do teu coração. É um fogo tão perigoso. Que lhe requer apenas um pequeno instante para te magoar.
 
 
***
           
            O peito era o centro do calor.
            Não era reconfortante, não era aquele quente desejável da paixão. Era uma sensação de pura vergonha. O coração sempre fora egoísta com ela. Falava mais alto. O que poderia ela fazer?
            Bill passou o braço por cima dos seus ombros e beijou-lhe a testa. Ela pareceu nem sentir o gesto. As pernas fraquejavam, teimavam em tentar cair, e deixá-la desamparada no chão.
            - Eu quero ir para minha casa.
            - Não vais ficar sozinha.
            Meredith olhou o chão e tornou com a nova tentativa.
            - Tenho de trabalhar.
            Bill pareceu ponderar aquela questão. Parou no passeio por breves segundos e olhou a rapariga com uma expressão pensativa.
            - Não. Se for preciso vou eu. Mas falo com o teu chefe.
            - Ele é meu tio. – Recomeçaram a andar e Bill acelerou o caminho até casa, talvez com medo que Meredith se lembrasse de algo mais que a impedisse de ficar com ele.     
            - Melhor ainda.
            Chegou finalmente ao prédio e puxou Meredith, que se parecia ter esquecido a localização da casa, onde trabalhava todas as manhãs.
 
            Ao chegar ao quarto de Tom, pousou a mala e sentou-se na cama de colcha negra. Olhou à sua volta, e reparou na caixa aberta, e uma fotografia quebrada sobre a estante.
            - Ficas bem? – Perguntou a sua voz doce
            Meredith assentiu e forçou um sorriso para Bill.
            - Obrigada.
            A porta fechou-se e ela conseguiu sentir um pouco, a claustrofobia daquele quarto, onde imaginou Tom deitado, horas a fio, remoendo a morte de Rachel.
            Ao lembrar-se da rapariga com uma morte tão jovem e injusta, levantou-se foi analisar a fotografia, mais uma vez. O vidro estava quebrado sobre o sorriso de Tom. Rachel estava intacta. Como se fosse um estranho destino, que se havia enganado ao destruir a parte pura da foto.
            Pegou nela e sentou-se na cama, deixando depois, o corpo tombar para o lado.
            As lágrimas do esforço da vista, misturavam-se com a tristeza. De ver as pessoas que mais amava tão longe de si.
            O coração incendiou-se novamente, e ela apertou o peito. Deixou a fotografia para trás, e reviu todo o doloroso momento de despedida no aeroporto.
 
            “- Só há um bilhete. – comunicou Tom, torcendo o nariz e acariciando a face de Meredith.
            - E agora?
            - Não será melhor ir eu? – perguntou a medo.
            A face de Merdith descaiu, e Tom puxou-a de novo para cima, como que recolocando os seus sentidos de novo. Os olhos brilhavam-lhe, e ela agarrou-se ao seu corpo quente, sentindo um corpo tão defenido por baixo das largas roupas.
            - Meredith… eu vou trazer a tua irmã.
            - O quê?! – o rosto brilhante de lágrimas tornou-se quente e fogoso.
            - Ela não pode ficar lá. Ela precisa de estar contigo…
            - Mas eu não posso… eu não consigo.
            - Consegues dar-lhe tudo o que ela precisa, e eu ajudo no que puder.
            Ela olhou as mãos de ambos juntas, enquanto anunciavam a entrada para o avião.
            - Agora as coisas são diferentes Mer. Eu estou aqui.
            Juntaram os lábios, desta vez mais apaixonados.
            E segundos depois, viu a única pessoa onde tinha encontrado apoio nestes últimos tempos, sumir-se no meio da multidão, e desaparecer, como um déjà vu, do que tinha acontecido há anos atrás com Millie.”
 
***
 
            Bill entrou no quarto do irmão, e pôde ver a pobre rapariga, exausta de olhos fechados. Enroscada sobre as próprias pernas.
            Cobriu-lhe o corpo com uma manta e beijou-lhe a testa.
            Tinha pelo menos de proteger melhor Meredith do que Rachel. Tinha de ganhar novamente a confiança do irmão.
 
 

 



abdominais:
De maria inês a 10 de Março de 2009 às 22:55
o teu texto sobre a saudade *-* super lindo, adorei.

e o capítulo *______* espero bem que o Tom traga de volta a Millie (:


beijocas ;)


De Melancia a 10 de Março de 2009 às 23:01
" As saudades são como fogo. Uma vez aceso, se for suficientemente grande, requer muita persistência para o apagar. As saudades tornam-se, por vezes, impossíveis de apagar. O seu combustível é a distância, o amor tenta neutralizá-la.
A saudade queima parte do teu coração. É um fogo tão perigoso. Que lhe requer apenas um pequeno instante para te magoar."....AMEI! amei a forma como escolheste dar inicio ao capitulo, esta reflexao esta linda!Alias tdas elas têm um lado verdadeiro o que, na minha opiniao nlhor caracteriza as mesmas!...mas esta relfexao esta mais q perfeita, nela tem presente o sentimento de sinceridade, o q é bastante visivel atraves das expressoes usadas!...amei MARII!

Em relacao ao capitulo em si...adorei o gesto do Tom para com Meredith! A atitude dele perante o sofrimento de Meredith realca o sentimento q o une à mesma, sendo visivel na decisao q tomara!...AMEI TDO O CAPITULO!....a mensagem q pretendeste transmitir esta mais q explicita...ah e n agradecas em relacao aos comentarios, tu mereces :D

kuss


De Joanne a 11 de Março de 2009 às 00:20
Olaa.
Ai amei o textinho sobre a saudade. Está mesmo do mais verdadeiro que pode haver, como todos os outros.
O Tom é tao querido meu deus. E teve um gesto tao bonito, foi buscar a irmã dele *-*
Ainda estou para perceber como é que consegues fazer isto tudo, causar todos estes sentimentos que me causas quando leio a tua fic :O
Enfim xD

Quero mais T.T
Beijinho


De SoniaKaulitz a 11 de Março de 2009 às 11:21
BEM ca esta maisum capitulo fantastico....adorei mais uma vez.....o Tom vai buscar a pikena...k fofo.....
POSta mais ta mto interessante a fic....
OLha vieste a Beja......e entao gostaste? ......o ALentejo e lindo ne? hehehehe küss


De Caroll a 11 de Março de 2009 às 15:05
Meu amor'zinhoooo ='DDDDDDD

Tenhu tantas coisas para te contar O.o

Mas como estou completamente histerica para ir ver o Sobrenatural, conto-te depois xD

OMG esta fic está cada vez mais lindaa!

Aqele inicio, fez-me chorar =X
Mas pronto, acho qe sabes os efeitos qe pode ter em mim, e nos pensamentos qe me veem logo à cabeça =)

Beijinho amor.

I LOVE YOU!


De ImmortalEcs a 11 de Março de 2009 às 15:49
Opá *.*
Estáá LINDOOO!
Amei, sabes?
O texto sobre a saudade.... TUDO!
O Tom foi um querido ='D

Beijinhoos @


De Mary17 a 11 de Março de 2009 às 16:39
Obrigada por me avisares que tinhas postado...! mas pronto eu desculpo-te porque o capitulo ate esta, va la... engraçadinho xD


De Joana a 11 de Março de 2009 às 20:50
Olaa Olaa!!!

Amei o capitulO, nem tenhO palavras para O descrever.

EstOu ansiOsa e ficO a espera do prOximO capitulO!!! x'D

Para a próxima pOdes pOstar dois capitulOs?? Eu sei que é pedir muitO mas eu estOu a adOrar cvada vez mais esta fic e quandO acabO de ler um capitulO a minha curiosidade aumenta!!! x'D

JOkax grandOkax


De Cris ♥ a 12 de Março de 2009 às 19:26
Olá linda :) Como estas? espero que bem :D Estives-te a fazer bonequinhos com plasticina ? *-* que girooo wiw, deve ser tao giro fazer desenhos animados *-* eu gostava de saber fazerr :PP
Agora falando da fic ^-^ Oh.. a relação deles esta tão unida tão linda. Tom vai a ajudar a tratar da irma bem fofinho :DD tudo realmente vai ser diferente, para melhor claro :)))
Queroo mais ficzinha sim linda ?
Beijinhos grandes @@


De Maria a 12 de Março de 2009 às 21:15
Hallo querida! ^^

Ai meu deus, o Tom é um rapaz tão querido! Foi buscar a irmã de Meredith! E vai a judar a Mer a tomar conta da irmã! ^^

E o Bill também não fica atrás, ele também é um menino muito querido e lindo! Vi tomar conta da Mer enquanto o Tom estiver fora!

A Mer e o Tom merecem tanto serem felizes! Já sofreram o suficiente no passado, agora está na hora de serem muito felizes os dois!

Amo cada vez mais esta tua fan fic, querida!
Ficarei à espera do próximo capítulo!

Kiss muito grande, querida!
^^


Comentar post

Song.

One Republic - Secrets

Download this Mp3 @ Booster MP3

Anteriormente

Feliz Natal

Psychiatrist Me #2

Psychiatrist Me #1

Assusta-me

Arquivo

Votação

Queres a proxima fic baseada na musica:
Alien
World Behind My Wall
That Day
Phantomrider
Attention
Zoom Into Me
In Your Shadow (I Can Shine)
  
pollcode.com free polls
online