Fics

online
Love is not a feeling... It's strength.
Terça-feira, 17 de Fevereiro de 2009

2º Capítulo - Talvez no Futuro

Hallo!

Obrigada pelas melhoras queridas, ainda bem que estão a gostar=). O que acham do novo estilo de escrita?=)

 

Hoje ainda fiquei em casa, mas enfim... acabei a Lua Nova finalmente e já me doeu menoa a cabeça para conseguir ouvir música x)

 

Peço desculpa por estar atrasada nas fics, mas só venho ao PC para postar e ler os vossos comentários fofinhos ^^

 

Capítulo para:

Caroll*

Lissabon Hotel

| Rii |

Miss Bill

Joana

Fatinha

Melancia

Joanne K

Anica

Flipa

Rafaela

Mary17

 

P.S.: Uma partezinha pequenina deste capítulo já leram ^^.

 

Beijinho@

 

 

2º Capítulo
 
            Tom sorriu amavelmente e voltou novamente a atenção para a cozinha, de onde viu surgir uma rapariga de olhar perdido, o cabelo negro apanhado num rabo-de-cavalo, que deixava espaço para a sua pele impecavelmente lisa e rosada. Porque estaria uma rapariga assim a trabalhar num café de esquina? – Pensou Tom, virando novamente a atenção para a rapariga de bata ao seu lado, que lhe estendia a mão.
            - Sou a Cassidy, podes chamar-me Cady. – Sorriu ao ouvir a ridícula alcunha e apertou-lhe a mão.
            - Tom Kaulitz. – Respondeu.
            A empregada aclarou a garganta e esperou pelo pedido.
            - Um café por favor. – Disse espontâneo, mal se apercebeu do olhar da empregada pousado em si.
            - Dois! – Exclamou Cady, com um sorriso satisfatório.
            - Outro Cady? Já não devias ter ido trabalhar? – Respondeu Meredith enquanto aquecia a chávena.
            - A velha que se arranje. Valores mais altos se levantam, já viste o nosso novo morador? – Apontou para Tom, que já há muito fixava a empregada.
            - Bem-vindo. – Saudou Meredith.
            Pousou os dois cafés no balcão. Afastou-se e passou habilmente por baixo do balcão, para levar a loiça do casal, que já tinha abandonado o pequeno estabelecimento. Retirou-se novamente para a cozinha, e aí se pôde ouvir o barulho das chávenas passarem por água corrente.
            Tom bebeu o café rapidamente, sentindo-se demasiado observado pela tal Cassidy. Talvez nela arranjasse algum conforto se necessário, mas não estaria para isso hoje. Iria pelo menos uma vez na vida, fazer o pedido de Bill, que tanto se esforçava por manter a paz entre eles.
            - Prazer Cassidy. Até qualquer dia. – Despediu-se.
            Despiu o casaco, visto já conhecer o calor que o esperava.
            - O prazer foi todo meu Tom.
 Dirigiu-se à porta mas voltou atrás, dando meia volta sobre si mesmo.
            - Olha, desculpa. Sabes onde posso encontrar um supermercado ou assim? Tenho de fazer umas compras para casa.
            - Claro! Eu levo-te lá… - levantou-se prontamente quando foi interrompida por Tom.
            - Não, não é preciso, diz-me só onde é que eu vou…
            Meredith surgiu da cozinha e pousou uma travessa repleta de bolos acabados de fazer na montra.
            - Ela trabalha no mesmo edifício. – Interveio. – É já no virar da esquina.
            Voltou o olhar para ela e deparou-se novamente com aquele sorriso baço que o chamara anteriormente.
            - Tudo bem então. Vamos?
            Cassidy sorriu e seguiu, logo que ele lhe abriu a porta. Meredith ficou para trás, naquela vida a que já se habituara.
Trabalhava desde que se lembrava dos seus problemas. A sua vida inteira fora como um baú de pesadelos, onde cada passo que dava, a iria conduzir incertamente, até mais trabalho de sobrevivência e desalento. No entanto, sempre se considerara forte, não era por isto que iria fraquejar ou chorar. Teria sempre o exemplo da sua mãe.
 
***
 
            Bill olhou o último caixote, ao canto do corredor. Deixo-o onde estava, não iria mexer nas coisas do irmão, ainda para mais nesta situação delicada das suas vidas.
            Sentou-se no sofá novo e ligou o televisor, passando o olhar pelas notícias. Mais uma vaga de calor que se avizinhava, mais perigo para os idosos e crianças. Mais eleições nos Estados Unidos, mais assaltos à mão armada.
            Uma notícia de última hora saltou-lhe à vista imediatamente, quando iluminou o visor. Um acidente de viação a escassos quilómetros da cidade onde agora residia, constatavam um atropelamento.
            O seu corpo começou a inspirar e expirar tão rapidamente quanto conseguia, um calor em toda a sua face parecia que o sufocava. Correu para o telemóvel. Foi aí que a porta se abriu, deixando em aberto a imagem do seu gémeo, com dois sacos de papel em cada mão. O suor já escorria pela testa de Bill, quando atravessou a sala e abraçou o irmão.
            - Que se passa Bill? – Deixou os sacos escorregarem até ao chão.
            - Apenas… – Expirou de alívio – Uma notícia.
            Tom largou o irmão e pegou nos sacos, espreitando para o televisor ainda acesso. Comprovou os seus próprios pensamentos.
            - Não podes continuar assim. – Andou em passo apressado para a cozinha e pousou os sacos em cima da bancada.
            Procurou num deles uma lata de cerveja e abriu-a habilmente.
            Ao voltar á sala, viu ainda o olhar de Bill preso no ecrã com as imagens chocantes.
            - Não percebo como é que as coisas acontecem e tu as vives por tanto tempo. Não entendo mesmo.
            Bebeu um trago de cerveja. O irmão mais novo, deixou escapar uma fraca lágrima pela sua pele de seda. Apressou-se a limpá-la e foi para a cozinha. Tom, ao ouvir o barulho dos sacos e da arrumação, percorreu o corredor. Até se deparar com um caixote solitário, todos os outros já tinham desaparecido, e este encontrava-se entreaberto.
            - Bill! – Gritou. – O que é isto aqui?!
            - É teu… - Ouviu, num murmúrio, o irmão responder.

 

I'm: Farta de casa
Song: That's what you get - Paramore *.*


abdominais:
De Mary17 a 17 de Fevereiro de 2009 às 18:43
=)
vamos la ver se amanha vais a escola.. ehehe


De a 17 de Fevereiro de 2009 às 19:07
Oláá :)
Acabas-te de ler o lua nova? *__* Esse livro é lindooo :D eu já li os três e amei ^^

Adorei este capitulo :D tou curiosa para saber o que se passou com eles antes de irem viver para ali :p

Beijinhos*
E novamente as melhoras Marii :)


De nesa a 17 de Fevereiro de 2009 às 19:09
Hallo :D

Desculpa nao ter comentado o 1º capitulo, mas tive teste e tive de estudar mesmo muito que não percebia nada da matéria =S

Espero que já estejas melhorzinha... =)

A fic é muito gira *.*
Adoro a maneira como a estás a escrever ^-^

A Cady já se fez ao Tom xD
Claro...um rapaz novo na cidade tão giro como o Tom qualquer uma fazia o mesmo xDD

O que está dentro do caixote??

Posta mais,sim??

Muitos kussess e as melhoras :)


De sadie a 17 de Fevereiro de 2009 às 19:16
Olááá!
Actualizadíssima!
A Cady [alcunha mais parva --'] a fazer se à cara podre ao Tom --.
O que é que a caixa tinha??
Quero mais tá??
Küssïbüssï <33


De Joanne a 17 de Fevereiro de 2009 às 19:40
Olaa ^^.
Ora bem, novo modelo de escrita, nem noto muita diferença, escreves bem de qualquer maneira.
Este capitulo deixou-me mesmo curiosa em relaçao ao passado da Meredith e dos Kaulitz :O

Quero mais vá lá T.T
Beijinhoos


De KárollKaulitz* a 17 de Fevereiro de 2009 às 20:05
Ola^^

eu sou a Carolina e komecei a ler a tua fic [ p.s deskulpa n ter komentado no outro cap.*.*]
E tou a gostar mt =)

Bjox *


De Rafaela a 17 de Fevereiro de 2009 às 20:12
Bigada pelo capitulo.

Tou a gostar memu, ta nu inicio eu sei mas tou a adurar.

Beijinhos


De maria inês a 17 de Fevereiro de 2009 às 20:15
Olá. Eu acho que a escrita está o máximo :D

Só vim mesmo à net para ler a fic, ainda tenho um trabalho para acabar e amanhã tenho um teste e ainda nem estudei, mas eu queria ver se já tinhas postado então resolvi perder 10 minutinhos do meu estudo x)

P.S- Espero que amanhã já não estejas doente :D


De maria inês a 17 de Fevereiro de 2009 às 20:16
Ah! É verdade, obrigada por dedicares alguns dos teus capítulos.
Beijinhos @


De .AKaulitz a 17 de Fevereiro de 2009 às 20:41
É impossível não gostar das tuas fics **

Beijinho @


Comentar post

Song.

One Republic - Secrets

Download this Mp3 @ Booster MP3

Anteriormente

Feliz Natal

Psychiatrist Me #2

Psychiatrist Me #1

Assusta-me

Arquivo

Votação

Queres a proxima fic baseada na musica:
Alien
World Behind My Wall
That Day
Phantomrider
Attention
Zoom Into Me
In Your Shadow (I Can Shine)
  
pollcode.com free polls
online