Fics

Love is not a feeling... It's strength.
Domingo, 28 de Dezembro de 2008

5º Capítulo - Segurança do Amor

Hallo again!

Ainda bem que gostaram da one-shot :D, vou então fazer uma segunda parte...

Aqui está o capítulo 5, que é da Sä e da .AKaulitz :D

Beijinhoo@

 

 

5º Capítulo – No bom sentido.
 
[Sophie]
 
       
        Voltei-me para trás impaciente e raivosa.
Eu: O que foi?
Tom: Eu não queria ter dito aquilo.
        Parei e dei-lhe a mão. Puxei-o para a rua perpendicular á onde nos encontrávamos e funguei.
Eu: Talvez tenhas razão, desculpa. – Larguei a sua mão, mas rapidamente senti-a puxada novamente para ele.
Tom: Não penses assim. Tu não és assim.
Eu: Sou, tu próprio o disseste.
Tom: Não, não és Sophie.
Eu: Porquê?
        Ainda agarrando a minha mão, ergueu-me o queixo e mostrou um sorriso maravilhoso.
Tom: Anda.
        Voltou-me costas e andou a passos largos. Aí pude identificá-lo mais com um segurança, enquanto colocava os óculos de sol. O meu coração não podia bater mais.
        O que se passa contigo Sophie?
        Sentei-me novamente no banco do carro e ele tomou de novo a sua condução concentrada, que durou apenas escassos minutos.
Eu: Onde vamos afinal?
Tom: A um sítio que provavelmente nunca foste.
Eu: Como sabes?
Tom: Não é o tipo de sítio onde…filhas de presidentes vão. – Disse a medo.
Eu: Hum… ok. – Sorri levemente.
        Ao chegarmos a uma estrada de terra, ele continuou por ela e parou, em frente a uma grande árvore, talvez um sobreiro.
Tom: Chegámos, não é nada de especial. Mas gostava que visses.
Eu: Não – interrompi – é lindo.
        Caminhei em direcção á arvore, repleta de flores em seu redor, e só aí reparei no pequeno baloiço que pendia num ramo forte da árvore.
        Sentei-me no baloiço e observei-o, fazendo ele o mesmo.
Eu: Afinal, qual é a razão deste sítio?
Tom: Li uma coisa numa revista.
Eu: Sobre o quê?
Tom: Sobre ti. – Baixei o olhar, como odiava aquelas entrevistas. – Perguntava se tinhas algum lugar em que não te sentisses a filha do presidente e tu respondeste que…
Eu: Que não. – Completei. Ele aproximou-se de mim e parou o baloiço, colocando-se de cócoras á minha frente.
Tom: Agora já tens?
Eu: Sim, tenho. Obrigada. – Sorri.
Tom: Toda as pessoas precisam de um sítio especial. Ainda bem que é o mesmo que o meu, tens bom gosto.
Eu: Parvo. – Disse, soltando uma gargalhada.
        Ele sorriu e olhou o chão, tentando disfarçar. Voltou o olhar novamente para mim e deu-me a mão.
Tom: Vês? Não és como toda a gente pensa…
Eu: Porquê?
Tom: Porque estás aqui comigo, porque me pediste desculpa, porque o admitiste, e porque estás comigo, assim, de mão dada, e…
        Aproximou a cara e deixava-me sentir a sua respiração. Virei-me impedindo o toque dos nossos lábios. E ele sorriu, beijando apenas a minha face.
Tom: Não te conheço como devia… mas tu és diferente Sophie. No bom sentido.
        Levantou-se e sentou-se encostado à arvore, enquanto eu sentia o vento cortante nos meus cabelos que baloiçavam conjuntamente com o meu corpo.

 

I'm: Falar com a Sä
Song: do blog


abdominais:
De Mary17 a 28 de Dezembro de 2008 às 22:36
Oh yeah! Capitulo e one-shot.. Devem isto td a mim xD passei o dia td a chatea-la!
Ah... e mt bem maninha, publicaste as 22:27, antes das 22:30 (3 minutos xD) como combinado!!

***


De Mary17 a 28 de Dezembro de 2008 às 22:37
Ahahahah 11111ººººººº =D


De a 28 de Dezembro de 2008 às 22:40
Ohhh, dedicaste-me este episodio =D

*___* AMO A TUA FIC MARII =D
Este Tom é taooo bom

Beijinhossss**


De Ritiik a 28 de Dezembro de 2008 às 22:49
hehehe
ai ta tao lindo *w*
ai começa bem ehehe
beijao


De Cris ♥ a 28 de Dezembro de 2008 às 23:00
Owaass owasss *__*
Prontos mas um capitulo que me deixou axim o.o tãoo lindoo poxaaa!
Ela admitiu que errou e pediu-lhe desculpas e ele levou-a a um sitio lindo que só ele conheçia e ficou a ser o sitio dos dois *.* aquele sitio onde ela se sente uma pessoa normal e não a filha do presidente... tão lindo..
Gostei especialmente embora tenha pena que aquele doce beijo nao tenha aconteçido pois ela virou a cara snif =,( o que foi uma pena... mesmo lindo.. mas acredito que ainda vai aconteçer.. esse beijo...
Posta maisss sinhee sinhee?
Beijinhoss fofiss@@@@@


De bfic a 28 de Dezembro de 2008 às 23:00
PERFEITO!

primeiro porque escreves como ninguem.
segundo porque me poes a vir aqui dez vezes para ver se ja postaste!
e terceiro porque tens simple plan como musica e eu como louca por eles que sou , deve ter sido a primeira vez que nao parei a musica que uma fic.
ah , excelente! :)


De Caroll a 28 de Dezembro de 2008 às 23:30
Ai paixao *.*

Eu tamem qero ir aquele baloiço! E EU TAMBEM QUERO UM CAPITULO!

tambem tenho o direito a ser ciumenta^^ E tu pensas que me vais partilhar com o Daniel mas nao vais, pois a parte de mim que te pertence nao é a mesma que pertence ao Daniel xD

( ignora xD )

Eu amo-te Tanto mas tanto Mariana Rebelo *.*

PS: O Rebelo d teu nome mata-me, tao serio, tao fino, caredo amor acho que nao tem muito haver contigo xD xD , quando se diz Rebelo e tao " ai esta gaja deve ser o Jet 7 com um nome destes! " e tu es tudo menos do Jet 7, minha tarada boa *.*


De Biah_th a 28 de Dezembro de 2008 às 23:44
Amei esse capítulo...
Tão levemente romântico!
E fazes o Tom Kaulitz tão adulto sem deixar de ter aquele jeitinho maroto dele! Que eu adoro!
E olha que tenho panca pelo Bill...¬¬"
Adorei mesmo esse capítulo!
Mais desses...sim?! ^^
bjo


De .AKaulitz a 28 de Dezembro de 2008 às 23:46
Obrigada pelo capítulo! Amei ^^,


De Amy a 29 de Dezembro de 2008 às 10:08
Está tao giraa @@

amoo *-*

"Tom: Não te conheço como devia… mas tu és diferente Sophie. No bom sentido."

* cheirinho a Camp Rock xD *

perfeitaa +.+

Küss*


Comentar post

Anteriormente

Feliz Natal

Psychiatrist Me #2

Psychiatrist Me #1

Assusta-me

Arquivo