Fics

online
Love is not a feeling... It's strength.
Terça-feira, 30 de Março de 2010

40º Capítulo - Espera por Mim - Último

Bom diaaa :D

Então este é o último...

Obrigada por esperarem, esta custou a acabar :P

E obrigada pelos comentários de ontem :) se há mais fantasmas aí, por favor, é o último...manifestem-se! :)

No fim há uma surpresa, mas não vale espreitar pq não vão perceber até lerem o capítulo :)

Love you all!!!

 

Kiss Kiss,

Marii K.

 

 

Capítulo 40

Espera por Mim

 

 

Lembro-me de não dizeres uma palavra no caminho. Nem eu.

Entrei no quarto do hotel e pousei a máquina na tua mesa-de-cabeceira. Conseguia sentir os cabelos na minha nuca levantados, as mãos dormentes, não sabia onde tocar. E tu agarraste-as, puxaste-me para baixo para me beijares a nuca, como se soubesses o que se passava, e sussurraste-me ao ouvido.

- Amo-te mais

Escorregaste para cima da cama e despiste a camisola quente, sem vergonha de marcas de agulhas ou de mazelas. Lembro-me do contacto da minha pele na tua, o calor, as gotas de suor a escorregar pela tua barriga e a concentrarem-se no teu umbigo. Quentes, e leves. Os teus dedos finos a escorregar nas minhas costas, e mais e mais calor, naquele dia tão frio de inverno. Amei-te como se os dias não contassem, como se o cansaço não acontecesse e tu fosses ali, o meu paraíso. E és assim, meu anjo. Os meus olhos caiem em ti para ver a perfeição, para encontrar aquilo que nunca encontrei em ninguém.

 

 

E agora, aqui, nesta ponte. Com este temor dentro de mim, consigo prever que isto não acabou. Que tu vais de facto esperar por mim.

Aqui, nesta ponte, lembro-me das tuas palavras naquela noite.

 

- Bill… E se eu não voltar a acordar?

Olhava-te sem medo. Beijei-te o nariz.

- Isso não vai acontecer

- E se acontecer?

Levantei-me e agarrei num papel e numa caneta, escrevi rapidamente como num bilhete e dobrei-o em dois. Senti um flash vindo da cama atrás de mim.

Entreguei-te o papel e agarrei na máquina fotográfica.

- E se eu não voltar a acordar? – Perguntei eu. – Posso ser eu a não acordar amanhã, e para isso, tens aí um papel, lês, e depois revelas todas as fotografias que tiraste. Lembraste de mim, todos os dias.

Sorriste.

- Não preciso disso para me lembrar de ti todos os dias…

- Mas sempre é uma ajuda, certo?

Assentiste com a cabeça e fechaste os olhos com um sorriso.

- Dorme bem – foi o que eu disse.

Foi a última coisa que ouviste. Foi a última coisa que ficou a pairar entre nós, entre os nossos corpos despidos. Havia as últimas palavras e a paixão.

 

E agora estou aqui, passado um ano. Nesta ponte.

Recordo-te, com as últimas fotografias da tua máquina, porque sempre ajudam a relembrar o melhor dia que tive, o dia que era nosso, a noite em que nos amámos, em que te prometi tanto quanto podia. Em que a esperança levou o melhor de mim, mas pelo menos, assim, foste tranquila. Deixaste-me ali, tão perto do teu corpo inerte, com um sorriso esbatido, o corpo abraçado, tal como eu o tinha verificado antes de adormecer. Tal como eu tinha fotografado. Foste como eras, um anjo, o meu próprio paraíso.

 

Descobres o mundo na tua maneira. Confias em quem podes e em quem não devias.

Descobres o certo e o errado para viveres finalmente, na certeza de um acto.

Descobres milhares de olhares e corpos. Apaixonas-te pelas aparências.

Descobres sentimentos a fim de te caracterizares, quando o importante é seres quem és, sem razões nem conclusões.

Descobres sensações, quando o correcto é senti-las.

E no fim, não te descobres a ti. Descobres alguém mais importante que a aparência, o certo, o errado, a confiança, os sentimentos, caracterizações ou sensações.

Descobres a essência. Descobres um anjo.

E esperas.

 

Eu estou aqui, à espera, que esperes por mim. Quando partir para ti.

Espera por mim.

 

 

(As últimas fotos na máquina de Charlotte e o papel que Bill escreveu)

 

FIM


publicado por Marii R. às 11:06

link do post | Comenta e o Tom levanta a camisola | favorita-me
|

abdominais:
De -Connect TH a 30 de Março de 2010 às 11:55
Olá!
Vem acompanhar a FanFic "Everything" no blog :)
Perfácio já publicado, deixa o teu comentário.
Desde já um obrigada, esperamos por ti...
beijinhoS*


De Tommazinha a 30 de Março de 2010 às 12:16
Hallo!!!

Mariana, tens noção que me deixasta a chorar com este capítulo!?
Este capítulo está simplesmente LINDO
Só vem mostrar o quanto escreves bem *.*
Amo tanto a tua maneira de escrever!!!
Mas a Charlotte morreu :(
Tadinha!
E coitado do Bill também :(
Ohhhh
Mas vendo as coisas, fazia mais sentido ser este fim, embora seja triste.
Ah! Amei, totalmente, as fotos que puseste no final. Como é que fizeste a carta que o Bill escreveu para a Charlotte? É que está tão real!!

Agora quero o 1º capítulo da nova fic :P
Bjão grande ;)

P.S. Lá vai mais um testamento da Tommazinha xD
Sorry :)


De a.nee a 30 de Março de 2010 às 12:27
Hey!!
Ainda nao tive tempo para ler a fic actual que acabaste já de postar, tenho andado a ler algumas mais antigas, já li "Aliados de Sangue" e "Segurança do Amor" e adorei aliás nesta ultima chorei como tudo no ultimo capitulo. Assim que tiver tempo leio esta tbm. Ah e se postares algo novo vou com certeza procurar acompanhar e ser o mais regular possivel nos comentários :P

btw adicionei-te

bjinhozz


De ∞ quinn a 30 de Março de 2010 às 13:33
Hey :)
Ohh, ela morreu .___.
Mariana, gostei bastante desta fic, penso que foi uma das que mais gostei tuas :D
Amei desde o inicio a transparência dos sentimentos de todas as personagens, principalmente do Bill e da Charlotte.
Gostei das fotos no final :p
E agora espero por outra fic tua :D
Beijinhos.


De ztiluak a 30 de Março de 2010 às 13:43
Apesar do final triste, está lindo. Escreves tao bem *:*

Consgues por-me a chorar com as tuas fics.

Agora posta a nova


De Joanne a 30 de Março de 2010 às 15:04
Oh meu deus quando cheguei aos blogs e vi que tinhas postado, e que era o último ainda por cima nem queria acreditar! Ainda bem que voltaste, eu estava cheia de saudades desta escrita ;_;
Bem, eu já sabia que a Charlotte ía morrer, mas mesmo assim foi um final lindo. A última parte do capítulo, wow, nem sei o que dizer. Até me fizeste ter vontade de escrever outra vez ;_;

Estou á espera da proxima fic. Parabéns por mais uma fic maravilhosa, como só tu sabes escrever!
Beijinhos *


De Tom'Girl a 30 de Março de 2010 às 22:18
MARIANA MARIANA MARIANA PUSESTE-ME A CHORAR

O capitulo está lindo e ao mesmo tempo TRISTE

Não queria que ela tivesse morrido, mas já era de prever que ela ia morrer.

Para que saibas estou a inundar o teclado do computador de lágrimas e nem sei o que hei-de escrever....


FANTÁSTICO

Escreves tão bem

beijinhos

P.S.: Posta o 1º capitulo da nova fic please


De Melancia a 30 de Março de 2010 às 22:20
Hallo! Mei gott... os meus olhos estao a inchar, tenho uma vontade imensa de aliviar a dor que se gerou a volta dos mesmos, mas logo a seguir lembro me da razao e prefiro continuar com esta dor. Sempre que leio as tuas fic´s fico assim... Porquê? Nao sei, so sei que n quero que desapareça...
A historia desta fic é linda, é pura, é especial... Porque? Nao sei. E eu que ja tinha um texto preparado na cabeça, um texto que resumido formava um comentario decente sobre a fic. Mas tenho que admitir que, enquanto formava o comentario, sentia um aperto, pq parecia que algo no comentario n era sincero, comecei a duvidadr de mim mesma... Porque? Nao sei. Pensei entao que podiam ser as palavras que tenho vindo a repetir ao longo de todas as fic´s que postaste, pensei entao que secalhar estava a decorar um texto e nao a cometá-lo... E entao, quando li este capitulo, quando ouvi esta musica, quando senti cada palavra que escreveste compreendi que nao era a avaliar a estrutura, a gramatica ou mesmo o desenvolvimento da historia que iria conseguir transmitir-te ou esclarecer-te o significado que a fic causa em mim... Porque? Porque, so lendo, so sentindo, so quem a escreveu é que me compreende... Nao sei se acharás isto lamechas, mas penso que deveria pelo menos tentar explicar te o efeito que a personagem do Bill, da Charlotte, do Tom, da Allison, da Amy, emfim de todos aqueles que participaram na historia, assim como a historia em si, causaram na minha pessoa... Porque? Nao sei...

Obrigado :)


De Maria a 2 de Abril de 2010 às 13:47
Hi sweety! :)
Ela acabou por falecer...omg, mas passou os seus últimos momentos ao lado da pessoa que amava, o Billi!
A Fan Fiction foi fantástica, e apesar de Charlotte ter falecido, o final foi lindo! «3
Adorei as fotinhas e o bilhete que o Bill escreveu!
Beijinhos muito grandes, dear!
:D


De a 6 de Abril de 2011 às 02:54
Uma fic maravilhosa :'$$
uma das minhas preferidas, a sério :3
parabéns
beijinhos'


Comentar post

Song.

One Republic - Secrets

Download this Mp3 @ Booster MP3

Anteriormente

Feliz Natal

Psychiatrist Me #2

Psychiatrist Me #1

Assusta-me

Arquivo

Votação

Queres a proxima fic baseada na musica:
Alien
World Behind My Wall
That Day
Phantomrider
Attention
Zoom Into Me
In Your Shadow (I Can Shine)
  
pollcode.com free polls
online