Fics

online
Love is not a feeling... It's strength.
Terça-feira, 20 de Outubro de 2009

26º Capítulo - Espera por Mim

Hey,

Mariana anda desaparecida, again -.-

Já estou a escrever o capítulo 27, visto que me deu uma súbita inspiração o.o

Mas resolvi vir já postar este agora.

;D


Beijinho beijinho, ah! e obrigada pelos elogios xD omg afinal por fotos aqui compensa

x) kkkiding


E cheguei à conclusão que nao vos mostrei os meus desenhos todos do ano passado x)

A minha japoneeese :D  :

 


Marii K.

 

 

 

Capítulo 26

Sensatez
 
 
 

“Anemia de Fanconi (AF) atinge uma média de 1 pessoa a cada grupo de 360.000. As principais complicações da AF incluem hemorragias, infecções, leucemia, síndrome mielodisplásica e tumores hepáticos. “

 
 

            Tom engoliu em seco. Sentou-se na minha cama e quando juntou as mãos, soube de imediato que iria ter uma conversa sensata. Há muito que não o fazia e isso tornou talvez o momento ainda mais emotivo para mim.

            Fechei o portátil e posei as mãos nos olhos.

            - A Allison sabe disto tudo?

            - Não, ela… não está cá e a Charlotte só me contou isto ontem.

            - Então isto quer dizer que não acabaste com a Allison?

            Olhei-o nos olhos e fiz uma expressão perdida, ela ainda não tinha percebido?

            - Acaba com isso Bill… o que é que estás a fazer? Vais magoá-la assim?

            - Magoar quem? – Perguntei, confuso.

            A expressão dos olhos de Tom tinha mudado. Estava desiludido e assustado, como se de repente eu tivesse mudado de corpo e fosse outra a pessoa que estava ali na sua frente. Levantou-se e olhou-me nos olhos.

            - As duas! A Charlotte deve esperar que deixes a Allison e a Allison não sabe de nada. Isso é puro egoísmo, nem sei o que estás a fazer…

            Voltou-me costas e eu demorei pouco tempo a assimilar o que me tinha dito.

            - Hei! – Gritei – Quem és tu para me dizeres isso? – Perguntei-lhe agressivo, num tom que nunca deveria ter usado - tu que andavas aí a comer meio mundo, presunçoso da vida, tu que –

            - As coisas mudaram Bill! – Gritou-me, também interrompendo-me – Tu é que continuas preso ao que eu era, ao que nós fomos. Já não somos os gémeozinhos queridos que éramos. Já não andamos aos sorrisos e aos abracinhos, não somos assim!

            Senti-me flamejar, de raiva ou arrependimento, não conseguia identificar.

            - Tu sabes bem o que nos une Tom! – Gritei, magoado.

            - O sangue, nada mais

            E voltou-me costas sem mais nenhuma palavra.

            Repensei na razão daquela discussão, mas não encontrava. Fora inesperada mas no entanto verdadeira. Tom tinha finalmente exposto tudo o que sentia, e eu no mínimo sentia pura e simples culpa. Não podia sentir-me mais arrependido da distância que se criara, quando eu o queria agora, mais perto do que nunca. Quando eu sabia agora, que precisava dele tão desesperadamente como de ti. Doía-me saber que o tinha deixado para trás para seguir num outro rumo, que afinal.. não me levara a lado nenhum.

            Descalcei os ténis e atirei-os contra a parede. Estava despedaçado, tudo porque sabia agora, que realmente não controlamos o destino, mas que podemos tentar manter quem gostamos perto de nós. E nada disso eu tinha feito.

            E enquanto via o sol descer e a noite chegar, não deixava que as lágrimas de abatessem. Talvez estivesse apenas em estado de choque.

           

Posso ver-te amanhã, de novo?

 

            Encostei a cabeça na almofada enquanto esperava que o ecrã do telemóvel se iluminasse. Aconteceu nos segundos seguintes.

 
Uma nova mensagem de: Charlotte

Claro que sim. Vens cá ter?

 

            Apesar de esperar uma resposta, surpreendi-me por estares acordada àquela hora.

 

 

Vou. De manhã.

(:
 
Uma nova mensagem de: Charlotte

Não consegues dormir?

 
 

Está complicado. Mas tu é que tens de descansar, certo?

 
 
Uma nova mensagem: Charlotte

Certo. Já falaste com a Allison?

 

            Percebia agora o que Tom queria dizer. Ela estava de facto ansiosa, e não via nada disto tão oficial quanto eu. Senti-me egoísta. E respondi da mesma forma egoísta.

 
 

Falamos amanhã. Dorme bem :)

 
 
            Faltava-me a sensatez do meu irmão.
 
 
 


publicado por Marii R. às 18:47

link do post | Comenta e o Tom levanta a camisola | favorita-me
|

abdominais:
De Maria a 20 de Outubro de 2009 às 19:34
Hi sweety! x)

Fiquei mesmo muito triste por o Tom ter dito aquilo tudo...não os imagino chateados um com o outro, não imagino o Tom dizer algum dia aquelas palavras ao Bill...mas o Bill é que escolheu este caminho, ele é que deixou tudo para trás só para ficar com a Allison e pelos vistos não lhe serviu de muita coisa...agora está apaixonado pela Charlotte e não tem o Tom do seu lado!
Ele tem mesmo que pôr um ponto final na relação com a Allison, ele tem que lhe dizer tudo o que lhe vai no coração...
Espero que ele no fim fique com a Charlotte e que a relação com o Tom seja de gémeos que se amam mais que tudo...

Posta mais, sim querida?
Beijinhos muito grandes, dear!
:D

PS: O desenho está mesmo lindo...tens um talento incrível que é de desenhares incrivelmente bem e escreveres de um modo mais que perfeito!
:D


De Maria a 20 de Outubro de 2009 às 19:35
First?


De Ritaa a 20 de Outubro de 2009 às 19:41
Gosh, este capítulo está escrito de uma forma tão perfeita, que as palavras são deveras excassas para me permitir comentar com decência!
Ela não pode estar assim tão doente. :s Eu não quero! E também não quero os gémeos separados. Eu gosto é de vê-los bem unidos. :/
E sim, concordo com o Tom quando ele diz que o Bill tem que acabar com isto tudo de uma vez por todas. O namoro dele com a Allison já não é nada, só falta mesmo oficializar as coisas.
Quero mais. ^^


De Helena Manson a 20 de Outubro de 2009 às 20:08
Omg, mesmo lindo *_*
O Tom foi mau em ter dito aquilo ao Bill ;_;
Desculpa a ausência ;_;

Beijinhos <3


De Joanne a 20 de Outubro de 2009 às 20:48
Adorei este capítulo completamente!
O Tom tem toda a razão, não podia ter dito melhor. Mas foi um tanto ou quanto bruto. Eu continuo na minha ideia, desde o inicio, que o Tom sentia qualquer coisa pela Allison, daí ter agravado a situação entre os dois irmãos xD (Lá estou eu com as teorias).
Ele tem mesmo de acabar com a Allison :c

Quero mais! :D
Beijinhos. Ah e o desenho está espectacular, gente com talento é outra coisa xD


De Caroll a 20 de Outubro de 2009 às 20:50
Go Tom, Go Tom.

Sinceramente, acho que o Bill se agarrou de tal maneira à Allison que deixou de viver a vida, e no fim, vai perder tudo.
Porque eu era capaz de apostar aos deuses que a Charlotte vai morrer.
Mas o Tommy podia perdoa-lo. Quer dizer... são irmaos gémeos.

Vou fazer figas xD

Amo-te, meu mundo @


De Juaaniinhaa_Kaauliitz a 20 de Outubro de 2009 às 21:09
Olaaa Olaa!!

Por um lado acho que o Tom não devia ter falado daquela maneira ao Bill, mas acho que a culpa por eles se terem separado é do Bill que escolheu uma caminhos que não devia ter escolhido!!

Espero que ele consigo unir outra vez a relção que os dois tinha e que acabe de vez com a Allison se ele não fizer isso acabam por sofrer os três e isso não esta verto!!

Quero mais sim??

Jokinhas grandes =)*


De a 20 de Outubro de 2009 às 21:11
Hey :)
Omg, o teu desenho está, completamente, lindo! Quem me dera desenhar assim *sonhando*
A discussão deles foi feia =/
O Bill tem de resolver as coisas bem depressa
Quero mais :DD
Beijinhos


De ztiluak a 20 de Outubro de 2009 às 22:22
este capitulo fez-me chorar :(

nao gosto nada de ver os gemeos a discutir....quero outro capitulo rapido



De Tommazinha a 20 de Outubro de 2009 às 22:29
Hallo!!!
Ohhhhhhhh =(
Este capítulo foi triste...
Gostava de saber o porquê desta raiva entre os gémeos. Não gosto de os ver assim.
Mas eu acho que o Tom tem razão! O Bill tem de esclarecer as coisas com a Allison pois tanto ela como a Charlotte ainda acabam magoadas.
Maisssssssssssssss

Bjnhoooo

P.S. Ameiiiiiii mesmo o teu desenho!!!! Posta mais fotos, sim? ;)


De Melancia a 3 de Novembro de 2009 às 21:09
Oh meu deus! Este capitulo esta lindoooooo!!! Amei!
Amo quando introduzes uma nova personagem para realcares na perspectiva de quem esta de fora. Geralmente escolhes sempre um dos gemeos e penso que isso encaixa sempre na perfeicao. A relacao que une os gemeos foi de certo modo afectada pelas decisoes do Bill, e hoje nem ele percebe pq as fez, mas percebe que essas mesmas decisoes trouxeram consequencias, Hoje tudo parece ser mais nitido que antes. O Tom revelou a sua dor perante o irmao e sem intencao. Talvez pq a dor ja era insuportavel!
Esta simplesmente unico! Amei!
kuss


Comentar post

Song.

One Republic - Secrets

Download this Mp3 @ Booster MP3

Anteriormente

Feliz Natal

Psychiatrist Me #2

Psychiatrist Me #1

Assusta-me

Arquivo

Votação

Queres a proxima fic baseada na musica:
Alien
World Behind My Wall
That Day
Phantomrider
Attention
Zoom Into Me
In Your Shadow (I Can Shine)
  
pollcode.com free polls
online