Fics

online
Love is not a feeling... It's strength.
Sexta-feira, 17 de Julho de 2009

16º Capítulo - Odeio-te a Ti

 

Heyyy
Isto hoje vai ser testamento x)
Não consegui postar na Quarta, cheguei a casa às 23.00h não tinha capítulo escrito e estava morta como tudo, e ainda estou… A aterrar foi horrível, só voltas e voltas por cima do aeroporto porque havia outros aviões a chegar. Mas Barcelona foi liiiiiindo ;D então para mim, lá nos museus *.* Dali, Miró, Gaudi! Sem comentários!
Não consegui postar na Quinta, vim de manhã cedo para o Algarve tive um acidente de carro, uma velha super esperta bateu na minha porta, ia morrendo de susto. Depois fui para o cinema ver Harry Potter(já disse que sou fanática?*.*), mas houve montes de coisas que eles inventaram, mas tá-se. Depois fui jantar fora e cheguei outra vez tarde e não tinha nada escrito.
Ou seja…posto hoje ya? xD
Obrigada pelos comentários!!! =D
Leitoras novas! Welcome, and thank youu.
 Beijinho para todos e falo mais amanhã xD.
 
Beijinho,
Marii K.
 
 
 
Dezasseis
Admite
                                                           
 
 
Estariam a discutir. Megan iria descer as escadas tão rápido quanto podia, atirando com a porta atrás de si. Chegaria a casa e já estava Bill a escassos segundos de lá chegar também. Com a mão no seu ombro, perguntava mais uma vez, a razão daquele ódio. Chegaria mais uma vez à triste conclusão de que se calhar não era digno de tal confiança, e porquê? Conheciam-se desde que andavam de fraldas, conheceram-se na maternidade e não faziam a mínima das ideias que os seus caminhos se iriam cruzar assim daquela maneira. Mas, qualquer pessoa que observasse as mãos das três crianças unidas, no infantário, admitiria que aquilo ia durar para sempre.
O ingénuo Bill gostava de observar as brincadeiras tão íntimas de Tom e Megan. Ambos com a mesma mente, riam-se de qualquer coisa maléfica que faziam à professora ou aos colegas. Eram um trio, onde se via uma rapariga de cabelo selvagens e pouco preocupada com a aparência, um rapaz de rastas, com a mentalidade de pura amizade que nunca escondera de Megan. Ela era a única rapariga por quem tinha respeito, todos o sabiam. E o doce Bill, um rapaz vivo com os mais belos cabelos negros, apaixonado pela vida, vivia feliz, observando com atenção toda a união que os reunia todos os dias e todos os minutos. Eram só três e não precisavam de mais ninguém. Tudo mudara quando entraram no liceu, quando Megan ficou mais bruta, passava mais tempo em casa dos gémeos, sempre calada, com um cigarro na mão.
Deixaram de fumar juntos, quando a mãe de Megan morreu. E nunca ninguém falara disso, Tom era cada vez mais afastado por Megan e a amizade fico reduzida a dois, e um grupo de amigos que se vieram a juntar com Tom e consequentemente a Bill.
Ele não compreendia, e quando viu o irmão e a melhor amiga descerem a escada, e a mão de Tom envolvida na cintura de Megan, suspirou e alívio, atirou o comando para o outro lado do sofá e rejubilou loucamente de alegria. Estavam de volta, eram de novo dois, e finalmente admitidos.
- Bill, vou sair. – Gritou o irmão com nariz entre o cabelo de Megan, enquanto lhe beijava a cabeça.
- Depois ligo! – Completou Megan, como sempre prometia.
- Não, não, não! – Guinchou, com os joelhos apoiados no sofá – Os dois aqui, já!
- Bill, tenho mais que fazer… - suspirou Tom, ainda agarrando a cintura de Megan, atrás dela. – Depois eu –
- Depois nada! Agora, já!
Ela agarrou a mão de Tom e puxou-o para a sala, ambos se sentaram lado a lado, de frente para Bill. Ele olhava-os com os olhos brilhantes e tentando manter uma expressão séria.
- Tu! – Apontou para Tom – o que é que pensas que estás a fazer?
- Penso que estou prestes a esganar o meu querido irmão – declarou, inclinando-se para a frente com um sorriso.
- E tu, - olhou Megan nos olhos e viu-a a sorrir como não via há vários anos – ‘tás bem?!
Ambos encolheram os ombros e reclinaram-se no sofá, divertidos com Bill.
- Vocês estão de volta? – Perguntou, ansioso como uma criança.
- Do quarto, sim. Mas preferia ter ficado lá. – Respondeu Tom, imediatamente.
Megan bateu-lhe no ombro com força e ignorou os protestos, focando-se na expressão tão impaciente de Bill.
- Admite, agora! – Gritou-lhe Bill, vendo pelo canto do olho Tom esfregar o ombro.
- Podes dizer tu, já que fazes o filme todo… - suspirou Tom.
- Vocês estão juntos! Já estiveram antes, certo? E agora vamos voltar a tudo não vamos? E já não o odeias, e agora vamos estar os três de novo… vocês estão juntos, não é?! E agora estão aqui! – Gritava entusiasmado, com os olhos a brilharem.
Megan assentiu com a cabeça e olhou para Tom que ajeitava o boné a sorrir.
- Continuo a dizer que estamos aqui mas preferia ter ficado no quarto. Meg…Não queres voltar para lá? – Encostou-se a Megan e mexeu o piercing ardentemente.
- Não! Tenho de ir a casa e depois a um sítio e depois posso trazer almoço, podemos ir todos almoçar ou podemos trazer pizza.
Bill levantou-se do sofá e subiu as escadas, sorridente.
- Tragam pizza, façam o que quiserem, mas esta noite vamos sair. A mãe vai outra vez para fora, só volta daqui a dois dias, por isso… hoje há festa, os três! – Arrastava-se pelas escadas, como se a vida tivesse voltado a normal. E tinha, era tudo de novo um pacto, o que tinha acontecido no passado, não interessava mais a Bill.
            - Estou de volta às duas horas, trago pizza Bill, até já. – Megan gritou, agarrando a mão de Tom.
            - Não queres mesmo voltar lá para cima? – Sussurrou ele ao seu ouvido.
            - Controla-te.
            Beijou-o e abriu a porta de casa, entrando para o carro de Tom, como se fosse se o fizesse desde sempre.
- Vamos voltar a tudo… - suspirou, citando as palavras de Bill.
Tom beijou-lhe a testa e ligou carro, fez marcha-atrás e surtiu até casa de Megan.
 
 

publicado por Marii R. às 14:22

link do post | Comenta e o Tom levanta a camisola | favorita-me
|

abdominais:
De Ritiik a 17 de Julho de 2009 às 14:53
Hey!
Adorei, omt Ö
O Bill estava um bocadãao histérico, mas tabém, coise PAHAHAHA
O Tom e a Megan voltar, aweeee
Eu quero um Tom pra mim -.-'
Maaais
Beijinho *


De Tommazinha a 17 de Julho de 2009 às 18:58
Ehhh voltaste!!!
Ja tava cm saudds da tua maravilhosa escrita!!! =D
Mas ainda bem q te divertiste ;)

Ohhhh tão fofiii *.*
Gosto tanto de os ver assim...
São msm feitos um para o outro!!!!
Amei a reacção do Bill...foi bue comica xD

Quero +++++++
Bjao grande ;)


De Thaís a 17 de Julho de 2009 às 19:26
Ainn que lindo **
Billzinho ficou tão feliz com isso tudo ! O que é liceu ? =x
Já até imagino a cena quando eles vão conversar com Bill.
TOM DELICIOUS (desculpa eu não consigo me controlar)
Finalmente postou \o
mais, muito mais


De Melancia a 17 de Julho de 2009 às 20:30
Ola! Eu sei que tenho andando desaparecida, desculpa!

Ohhh, o capitulo esta lindo! Amei a parte inicial, penso que o facto de teres escolhido descrever o passado dos três, realçou de certo modo a forte amizade que partilhavam, alias a influencia que isso traz no presente e mais que visível, tanto no casal como no Bill! A reacção dele quando os viu juntos esta tãooo querida, e carregada de vivacidade! O Tom e a Meg finalmente parecem esquecer o que aconteceu, porque na realidade so conseguiram ultrapassar a situacao toda juntos!!
Estou a amar o desenvolvimento :D

kuss


De Melancia a 18 de Julho de 2009 às 02:23
PS - Só mais uma coisa! Disseste à minha irmão que chegaste-me a perguntar por ela mas eu não respondi, eu peço desculpa porque realmente não reparei, talvez por distracção :S

küss


De a 18 de Julho de 2009 às 11:27
Hey :)
O Tom fez-me rir xD
A reacção do Bill, todo excitado, ahah x)

Quero mais ^^
Beijinhos


De Maria a 18 de Julho de 2009 às 14:14
Hallo querida! ^^

OMG, ISTE CAPÍTULO ESTÁ LINDOOOO! Estou completamente happy por tudo ter voltado ao normal! Eles estão novamente os três juntos! ^^

OH God, o Tom é tão maluquinho e taradinho...sempre a dizer que estaria melhor com a Meg no quarto! Só mesmo ele para dizer essas coisas!

Fiquei completamente babada de ver o Billy fofinho, querido e super lindo e HOT todo contente! Só de saber que ele está happy e com um sorrisinho no rosto, fico toda babada e contente! Ai Bill, Bill! Meu pequeno anjinho! =D

Quero mais, querida! Pleaseeee ^^

Kiss muito grande, dear!
xD


De SoniaKaulitz a 19 de Julho de 2009 às 18:38
HEHEHEHHEHEH tas de volta.....tive saudades ....
BEm miuda mas k grandes ferias tu estas a ter ....agora toca a escrever oki.
FAntastico capitulo como sempre...posta mais destes , quer dizer podem ser um bocadito maiores =)


De Joanne a 19 de Julho de 2009 às 19:18
Desculpa pela demora a ler a comentar :c
Este capítulo está mesmo muito bonito! Adorei toda aquela descrição da amizade deles, desde que eram crianças. Vê-se que era muito forte.
E o Bill tão querido, ficou tão contente por eles terem finalmente feito as pazes! Mal sabe ele o que andaram a fazer lá em cima xD (ou então até desconfia) lol
Quero mais *---* Eu amo esta fic!
Beijinho


De Helena Manson a 24 de Julho de 2009 às 06:42
- Tu! – Apontou para Tom – o que é que pensas que estás a fazer?

Parti-me a rir com isto, ahahahah x'D
A fic é linda (:


De tokiohotelfics_<3 a 16 de Julho de 2010 às 11:06
Ohh .. O Bill ficou todo contente !! +.+

O Tom só quer o quarto !! :DD


Comentar post

Song.

One Republic - Secrets

Download this Mp3 @ Booster MP3

Anteriormente

Feliz Natal

Psychiatrist Me #2

Psychiatrist Me #1

Assusta-me

Arquivo

Votação

Queres a proxima fic baseada na musica:
Alien
World Behind My Wall
That Day
Phantomrider
Attention
Zoom Into Me
In Your Shadow (I Can Shine)
  
pollcode.com free polls
online