Fics

online
Love is not a feeling... It's strength.
Sexta-feira, 10 de Julho de 2009

15º Capítulo - Odeio-te a Ti

Hey =(

Oh, vou-me embora ='( vou ter saudades caraii, mas na quarta vou-me esforçar por postar siim? =D

Beijinhos...e boas férias para vocês também!

Espero que gostem, eu também gosto deste capítulo *.*

 

Beijinho,

Marii K.

 

 

 

 

Quinze
O costume?
 
 
“Que nojo Bill, fecha a boca!”
Risos prolongados e um tanto histéricos de uma voz igual à sua. Voltou a cabeça contra a almofada, dificultando a respiração.
“Então não me faças rir…”
“Eu não fiz! Tu é que és histérico, disse-te uma coisa muito simples.”
“Simples?! – guinchou – Há anos que dizes que o odeias, agora estás aí a bater com o pé, ansiosa, para o ver. Dizes que ele não é assim tão mau! “
“Bill, cala-te e fecha a boca! Não quero ver essa sanduíche imunda, desfeita na tua boca! Que nojo!”
“ Diz lá outra vez o que disseste sobre ele! – fez-se uma pausa – vá lá Meg!”
Seguiu-se um novo riso de Bill, e depois um estrondo.
“ Bruta!”
“ Fecha a boca!”
Atirou os pés para fora da cama e andou até às escadas, para confirmar que tudo o que tinha ouvido era realmente vindo da pessoa que queria. Desceu as escadas devagar, tanto quanto podia para não fazer barulho, mas já dois rostos estavam pregados em si.
Como esperava, viu Bill a mastigar, divertido e Megan muito branca, engolindo em seco, bem longe Bill, numa posição rígida.
- Estás cá? – Perguntou.
- Queria falar contigo…
- Oh, está bem.
Começou a descer os degraus que restavam quando a voz de Bill o interrompeu.
- É nojento eu falar de boca cheia, mas ele ir falar contigo de boxers já não… - insinuou.
Tom olhou para baixo, e realmente notou que não estava nas melhores condições. Sorriu nervosamente e pensou que realmente seria melhor vestir qualquer coisa.
Megan já estava em pé à sua frente, quando virou costas e esta lhe puxou o braço.
- Não interessa, eu falo contigo na mesma. Podemos ir para o teu quarto?
Tom assentiu com a cabeça, imaginando que na realidade, era indiferente estar vestido, quando sabia que ia ser rejeitado, quando sabia que mais uma vez, tinha falhado na sua longa conquista, uma conquista onde já não encontrava nenhum obstáculo. Tinha de fazer o que tinha de fazer.
Subiram as escadas em silêncio e Tom abriu-lhe a porta para entrar. Ela passou, rapidamente e recomeçou a bater o pé enquanto Tom atirava a roupa desarrumada para um canto do quarto.
- Tom, já vi isto muito mais desarrumado, não te esforces.
Ele sorriu debilmente e sentou-se na cama, suspirando com as mãos na cabeça. Sentiu o colchão baixar levemente enquanto ela se sentava, e rodou a face na sua direcção, ainda com as mãos apoiadas.
- Diz… - encorajou.
Megan baixou a cabeça, com um sorriso nervoso e depois pousou a mão sobre a perna de Tom, olhando o gesto que tinha feito.
- Tom… Sabes que é difícil perdoar-te, e perdoar-me também. Sabes que me custa…
- Sim, sei. E percebo tudo e acho que tens razão. – Interrompeu, farto de esperar por ouvir mais uma recusa.
Ela retirou a mão da sua perna e juntou-as no colo.
- O que pensas que vou dizer? – Perguntou com a voz a tremer.
- O costume Megan – bufou – de qualquer maneira… opa, tens razão.
Levantou-se da cama rapidamente, mas Megan puxou-o para baixo e colou-lhe os lábios num segundo tão curto que Tom não teve tempo de reagir. Depois reagiu ao beijo, correspondeu-lhe com o maior desejo que sentia, e deitou-a na cama, com a mão a revolver-lhe o cabelo levemente. Cuidadosamente em cima dela, passou-lhe a mão pelo corpo, mas nada fez. O beijo foi terminando lentamente, deixando as faíscas perderem-se em olhares cúmplices e culpados.
- Sabes que me custa, mas eu não consigo, não posso viver sem ti. Posso odiar-te, mas preciso de ti, amo-te.
- Não amas… - sussurrou, deitando-se ao seu lado, num suspiro.
Ela ergueu-se e pousou a mão no seu peito.
- Amo. Se não tiveres preparado percebo Tom, mas eu estou. Eu amo-te, não me quero separar de ti, quero viver contigo isto. – Parou por uns momentos e recomeçou com a voz mais baixa – se consegui viver comigo, odiando-me, porque não consigo viver com alguém que ao mesmo tempo amo?
- Está bem – Disse ele com um sorriso.
- Está bem?! Que romântico! – Guinchou ela.
- Amo-te, desde sempre. – Disse por fim, quase esmagado pelo corpo da rapariga e os seus lábios, que se moviam lentamente, enquanto lhe tirava a única peça de roupa que tinha vestida.
 
 

publicado por Marii R. às 22:32

link do post | Comenta e o Tom levanta a camisola | favorita-me
|

abdominais:
De Joanne a 10 de Julho de 2009 às 22:56
Opah, mas que lindo, eles amam-se *---*
Eu nem posso acreditar que eles mataram alguém, não pode ser, eles sao bonzinhos demais para o terem feito xD
Vão coisar outra vez :D
Mais!
Beijinhos e boas férias ._.


De Ritiik a 10 de Julho de 2009 às 22:56
Hey!
Adorei o capitulo *g*
O meu preferido até agora x')
O Tom é tao querido *g*
Opaah, maaais
Beijinho *


De Thaís a 11 de Julho de 2009 às 01:58
Mew eu tava ouvindo uma música aqui e quase chorei com esse cap.
Tá muito lindo, eles dissendo que se ama *-
Imagino Tom só de boxer (666
Boas ferias \o


De mariianna a 11 de Julho de 2009 às 02:14
O meu capitulo preferido até agora *-*
Amei amei amei !
Tão querido xD '' Está bem.'' ^^

Boas Férias, diverte-te !

Beijinhos, Beijinhos, Beijinhos


De Maria a 11 de Julho de 2009 às 13:11
Hallo querida! ^^

I FEEL SO HAPPY! OH God...eles amam-se!! iupi iupi iupi....^^
E vão ficar juntos...mesmo maravilhoso!
Agora vai haver mais party para eles os dois...;-)
E o Bill é tão cómico...a falar de boquinha cheia...deve ficar mesmo fofo...ele é fofo de qualquer maneira...^^

Quero mais querida! Pleaseeeee ^^

Kiss muito grande, dear e boas férias! Have Fun!
xD


De Sofia a 11 de Julho de 2009 às 16:40
Sorry po não ter comentado o outro cap.

Eu tb gosto muito deste cap axo k é dos meis preferidos.

*- É nojento eu falar de boca cheia, mas ele ir falar contigo de boxers já não… - insinuou.* LOL ir falar com o Tom de boxeres não faz mal nenhum, ninguem se importa

* Está bem?! Que romântico! – Guinchou ela.
- Amo-te, desde sempre. – Disse por fim, ... * e eu a pensar k o Tom não era romantico e n gostava dessas coisas. Mas fica fixe axim :)

Posta rapido
kiss


De Tommazinha a 11 de Julho de 2009 às 18:49
LINDO, PERFEITO, ÚNICO... =D
Dos melhores atá agora!!!!
Tou cada vez mais curiosa pelo desenrolar da história.

Quarta quero novo capítulo, sim?

Bjao enorme e Boas Férias ;)
Diverte-te!!!


De Tommazinha a 11 de Julho de 2009 às 18:49
* até


De SoniaKaulitz a 11 de Julho de 2009 às 22:37
OPah vela se ela e parva....se ele se tivesse vestido dava um trabalhao a tirar assim como so tinha os boxes zaz foi num segundo tao curto kuanto o do bjo * . *
Omg como e k consegues ser taum romatica ao ponto de escreveres isto?! Assim e k vejo k eu de romentica n tenho rigorosamente nada de nada, adoreiiiii + uma vez =)


De Caroll a 11 de Julho de 2009 às 23:08
Essa do Tom levanta a camisola podia ser " Comenta e o Tom baixa as calças. E os boxers. "

Porque raio é que a Megan pode ver e eu nao? T_T
Arghh, sortuda da gaja >.<

Aiii caralho, eu quero estar em barcelona, ao teu lado, neste momento T_T
És uma sortudaaa! Eu vou para o algarve e olha... coise --'

Amoorrr, tás a ficar bue de perversa =O
Os coisinhos só fodeem =O

E eu nao me impoooorto *q*

Quero que voltes depressa.
Quero ler um Olá teu.
Quero escolher o dia para te ver.
Quero que chegue esse dia e quero-te abraçar para sempre.
Quero chorar feita histerica por te ter ao meu lado.
Quero sussurrar ao teu ouvido que te amo :'$


Comentar post

Song.

One Republic - Secrets

Download this Mp3 @ Booster MP3

Anteriormente

Feliz Natal

Psychiatrist Me #2

Psychiatrist Me #1

Assusta-me

Arquivo

Votação

Queres a proxima fic baseada na musica:
Alien
World Behind My Wall
That Day
Phantomrider
Attention
Zoom Into Me
In Your Shadow (I Can Shine)
  
pollcode.com free polls
online