Fics

online
Love is not a feeling... It's strength.
Segunda-feira, 6 de Julho de 2009

11º Capítulo - Odeio-te a Ti

Hey ;)

Ontem não coiso, não deu.

Para compensar..acho  que a partir deste capítulo vão perceber as coisicas.

Gosto deste, apesar de se calhar nao ser nada de especial.

Mas gosto ya? x)

Remodelei o twitter ;P

 

Já disse que estou a fazer um desenho do Bill? =D

 

Capítulo para todas vocêssees

 

Beijinho,

Marii K.

 

 

 

Onze
Ele…não sei
 
 
 
            - Pai? – Chamou logo que entrou a porta de casa.
            Ouviu os passos aproximarem-se e apareceu o se rosto de meia-idade à sua frente. Cansado, mas felizmente calmo.
            - Onde estiveste Megan? – Perguntou de imediato.
            - No rio, com…
            - Com o Kaulitz de novo. – Completou exasperado.
            - Com os Kaulitz – corrigiu – Precisas de alguma coisa ou trouxeste jantar?
            - Já comi na empresa, e vou voltar. Falta contratar mais compradores, a Fouler nunca mais assina contracto - divagou.
            - Vais ver que consegues…
            Megan mordeu o lábio inferior, preferiu não contar que iria estar fora de casa de novo. Ele de qualquer maneira não descobriria, iria voltar muito depois dela a casa.
            Dirigiu-se à cozinha e pegou numa maçã, passou de novo pelo pai e não o olhou nos olhos. Começou a subir as escadas enquanto examinava o fruto que tinha nas mãos.
            - Não tenho fome, vou para o quarto. Boa noite. – Disse educadamente.
            - Megan – chamou – espera.
            - Diz
            - A Simone disse umas coisas…que eu fiquei a pensar.
            Megan desceu um degrau em fraqueza. Olhou para cima como que pedindo piedade e finalmente olhou o pai. Porque tinha Simone de trabalhar com o seu pai?
            - Sobre o quê?
            - O que é que tu e o Tom fazem durante as tardes? – Questionou, directo.
            Ela olhou mais uma vez a maçã, respirou fundo e falou quase comendo as palavras.
             - Eu estudo, ele… não sei. Hoje estivemos no rio.
            - Os dois?
            - Não pai! Eu estive com o Bill, ele por acaso estava lá. Agora posso ir?
            O pai bufou e atirou com o telemóvel para cima da mesa.
            - Só não quero que me arranjes mais confusões Megan.
            - Não arranjo, eu mudei.
            E se mudou…
 
           
            Agarrou no telemóvel e enfiou-o no bolso. Olhou para a mala, mas não lhe apeteceu andar com mais um peso sobre os ombros, apesar de este ser físico. Estava calor dentro do quarto; revolveu o cabelo com os dedos e resolveu por si mesma, ir para o alpendre esperar por Bill.
            Desceu as escadas calmamente e saiu a porta, com o cuidado de a trancar. Sentou-se na escada com a cabeça apoiada nos joelhos, e foi nesse momento que viu a velha senhora atravessar a estrada. Pensou em levantar-se e talvez falar-lhe, mas lembrou-se que ela não a conhecia.
            Tinham apenas a memória de um desastre. Tinham em comum algo, mas talvez opostos. Megan perdera a sua mãe e um mundo futuro; e aquela velha mãe, a Sr.ª Kurtis tinha perdido o seu filho, e todo a sua vida passada.
            Suspirou e viu a senhora dirigir-se à caixa de correio, no seu passo vacilante e quebrado por medo e fadiga. Não tinha reparado nela durante todo o funeral, apenas quando toda a gente tinha saído, e o chão estava seco de lágrimas, olhou para o seu lado esquerdo e sentiu a sua presença. Não chorava, tal como ela. Mas exibia uma expressão de pura tristeza e incompreensão. E era nisso que chocavam. Megan compreendia tudo, e o rapaz ao seu lado também.
 
            - Eu sou daqueles que não telefona depois da coisa acontecer. Prefiro voltar e ver a carinha feliz da gaja, quando me vê de novo. – Disse uma voz que pairava à beira da estrada num carro cinza escuro.
            - O que fazes aqui? – Murmurou Megan, levantando-se e dirigindo-se ao carro – O Bill?
            - Não gritas? Não dizes que me odeias? - Surpreendeu-se Tom. – O Bill, ficou mais tempo a arranjar-se e eu achei que não devias esperar…
            Megan dirigiu o olhar de novo para a senhora, que andava em passo lento para dentro de casa. Tom continuava com uma expressão expectante, mas no entanto seguiu o olhar de Megan até o outro lado da estrada, e ali ficou parado por instantes.
            - É ela… - Não perguntou, declarou com certeza e abriu a porta do carro para entrar.
            Megan não pensou duas vezes, colocou uma madeixa de cabelo atrás da orelha e entrou no carro fechando a porta atrás de si, ele logo arrancou. Colocou as mãos sobre o colo e olhou-as durante um tempo indeterminado, embalada pelo motor silencioso mas rápido.
            - O que se passa? – Questionou Tom, com a voz presa na imagem que ambos tinham recordação.
            - Do quê?
            - Estás aqui… - constatou.
            - Às vezes sabe bem, estar com alguém que saiba os nossos segredos, não ter de me esconder por uma vez de alguma coisa.
            Ele suspirou e descolou a mão do volante, pousando-a sobre a de Meg. Ela passou um dedo pela sua pele de seda com um certo carinho, mas depois, pegou na sua mão e colocou-a de volta no volante.
            - Não abuses Kaulitz.
            Ele sorriu, e aumentou a velocidade até ao bar. Quando chegaram, estacionou e saiu do carro, encostando-se à porta fechada sem dizer uma palavra.
 
 

 

I'm: I need Green Day ! *28.09.09*
Song: basket case - Green Day

publicado por Marii R. às 21:24

link do post | Comenta e o Tom levanta a camisola | favorita-me
|

abdominais:
De tita a 6 de Julho de 2009 às 21:55
continuei sem perceber... ouve uma motr ms de kem? e o k essa passoa significa pa megan? bj


De tita a 6 de Julho de 2009 às 21:57
* morte e pessoa omg hoje so dou erros... sory

Primeira xD bjs


De Ritiik a 6 de Julho de 2009 às 22:18
Hey!
Ou eu sou mt burra ou tu escreves por codigo morseo ou coisa q lhe valha, ja ando a inventar coisas q nem vou dizer so com a vergonha q vou passar -.-'
Maais, Mariana
beijinho *


De nesa a 6 de Julho de 2009 às 23:15
Olá^^

Desculpa não ter comentado os capítulos anteriores =S

Eu não percebi nada....quer dizer, percebi, mas...
Eles mataram alguém...e agora aparece aquela senhora...

Quero mais,sim?
Escreves muitoooooo bem *.*

Beijinhos


De SoniaKaulitz a 6 de Julho de 2009 às 23:31
Omg esta gajinha ker me matar de curiosidade.... tou louca pa ler mais ,,,,mas k raio de segredo e este k matou sei la kem....sera k a vitima foi a mae da Megan? n percebi mto bem isto ta uma beca po misteriosa mas ja sei é essa a intençao...pois é ca esta mais uma fic fantastica ...mas como é k es capaz de escrever assim , EXPLICATE HUM COMO? ha TB KERIA MAS N TENHO NEURONIOS PA ISSO =) fIKA BEM E POSTA + oki


De ztiluak a 6 de Julho de 2009 às 23:40
eu continuo sem perceber o segredo dela e do Tom! acho que sou burra!


De mariianna a 7 de Julho de 2009 às 00:54
Eu tbm gostei do capitulo, mas ainda não tou a conseguir relacionar nada.. :(
Eu quero ver o teu desenho *-*

Beijinhos


De Joanne a 7 de Julho de 2009 às 01:29
Ok, vamos lá ver se eu percebi. A mãe dela morreu no dia em que morreu o filho dessa tal senhora, no mesmo acidente, ao que parece de viação xD
A Megan e o Tom estavam lá e sabem o que aconteceu, e devem ter tido alguma coisa a ver com isso porque se nao a Megan nao se sentia tão culpada e não odiava tanto o Tom. Mas eu ainda nao percebi foi o que eles fizeram ^^ Cenas dos próximos capítulos ! Mal posso esperar, isto é tao viciante! :D
O segredo revela-se e a relação deles vai evoluindo. Gosto da coisa ;D
Mais!
Beijinho


De a 7 de Julho de 2009 às 10:30
Hey :)
Eu não sei como é que ela o pode odiar, ele é tão fofinho =P
Continuo sem perceber lá muito bem x)

quero mais ^^
Beijinhos


De → Criistiinah Ferreiirah a 7 de Julho de 2009 às 13:52
Cap. fixe...

Kero mais sinhe???

TokiBeijos


Comentar post

Song.

One Republic - Secrets

Download this Mp3 @ Booster MP3

Anteriormente

Feliz Natal

Psychiatrist Me #2

Psychiatrist Me #1

Assusta-me

Arquivo

Votação

Queres a proxima fic baseada na musica:
Alien
World Behind My Wall
That Day
Phantomrider
Attention
Zoom Into Me
In Your Shadow (I Can Shine)
  
pollcode.com free polls
online