Fics

online
Love is not a feeling... It's strength.
Terça-feira, 5 de Maio de 2009

6º Capítulo - Aliados de Sangue

Hey,

Bem... isto anda realmente complicado.

Foram os meus anos [obrigada a quem deu os parbéns ^^ MESMO =) ] , agora tenho andado no Estoril Open, no sábado foi o jantar de anos e fui sair, e sempre a acordar cedo no dia seguinte. 

Tenho teste de Geometria na Quinta-feira, e bah... acho que não estou a aguentar =S.

Vim então, escrever... deixa-me a cabeça pelo menos mais vazia de ideias. 

Sim, porque já tenho uma nova ideia para uma fic. Um bocado baseada em mim... mas a minha realidade agora também parece uma telenovela.

 

Vou-me calar =X.

 

Beijinho,

 

Marii K.

 

 

 

6º Capítulo
 
 
            A sua pele ganhava um padrão arrepiado, a sua face tomava um tom rosado, e o seu coração não tinha um sentido próprio para onde ir, por quem bater e por o quê.
            A sua postura impávida que tinha já se perdera há muito. E as razões eram totalmente dispersas, incertas. Ela não as sabia identificar, quanto mais definir. Poderia ser algo parecido com uma atracção que estava a nascer dentro de si? O que Rose sabia com certeza, é que se arrepiava com cada toque de Tom, com cada sorriso o seu corpo voava, e apenas a sua voz a podia tanto irritar de uma maneira estrondosa, como a fazer feliz da mesma maneira.
            - És obrigada a fazer isto? – Interrompeu os seus pensamentos e deixou-a embasbacada.
            - Tenho de – engoliu em seco e abanou a cabeça, tentando voltar à sala onde estava – ham…eu… Tens estado sem mãos atadas?
            - Não – sorriu – mas fizeste mal o nó agora.
            Ela olhou a corda com incerteza e passou a língua pelos lábios secos, mordeu o lábio inferior e fechou os olhos. Estava confusa, não conseguia distinguir o certo do errado naquela altura. Deveria atá-lo imediatamente, o simplesmente poderia sentir ainda o doce toque, por mais uns meros segundos. Segundos de euforia no seu coração.
            Fitou então, as mãos juntas, de ambos. Tentou soltar-se, mas foi puxada novamente por Tom.
            - Larga-me
            - Se te soltar, tenho de ir embora – e olhou-a nos olhos, o sorriso desvaneceu-se e deu lugar a uma expressão indecifrável – em diversos sentidos
            - O que queres dizer com isso? – Perguntou a medo.
            - Se me soltar de ti Rose, tenho de partir.
            Tom falava realmente em ambos os sentidos, e Rose mostrava-se tão reticente em relação a esses sentimentos que deixava praticamente o seu mundo para trás.
            - Rose… - procurou os olhos dela e tentou que ela fizesse o mesmo. – Queres que vá?
            - Não podes ir, és prisioneiro.
            - Rose, pensa com outra parte de ti.
            A cabeça dela rodava, deixou as mãos perderem a força. Deixou os olhos fechar-se, ao olhar a tentação nos lábios de Tom, onde escorria a água em que a cabeça dele tinha sido mergulhada. As gotas delineavam todas as curvas dos lábios carnudos, e ela ansiava naquele momento ser a própria a prová-los.
            - O que queres de mim Kaulitz?
            - Tom.
            - O que queres de mim?! – Falou mais alto.
            - Já ouviste falar daqueles casos em que o raptor de apaixona pelo refém? – Começou a falar com um sorriso sincero nos lábios.
            - Já. Mas eu não te raptei, tu é que não foste suficientemente rápido.
            - De qualquer maneira, apaixona-se pelo refém. Pode ser raptor ou apenas um acolhedor, como quiseres.
            - Não o quero de nenhuma maneira. Não entendo onde queres chegar, nada se adequa.
            - Não? – Arqueou a sobrancelha e deixou o polegar tactear carinhosamente a mão de Rose.
            - Não. Óbvio que não.
            - Pensa com outra parte de ti – insistiu.
            - Pára com os jogos Kaulitz! – Exaltou-se e puxou a mão de novo; pensou para si própria o correcto do ponto de vista do exército, não do seu coração, algo onde Tom Kaulitz estava a chegar.
            Com a força com que o rapaz a puxou de novo, as suas faces ficaram a escassos centímetros. Os olhos brilhantes deixavam transparecer o desejo e Tom preparava-se para poder finalmente sentir a Tenente, aproximou-se cada vez mais, até quase os lábios roçarem; mas, Rose foi mais rápida.
            Soltou-lhe habilmente das mãos dele e puxou-as de novo para trás, fazendo desta vez um nó bastante firme e seguro.
            - Tu não queres fazer isto… – disse-lhe ele com a voz abatida.
            Rose pontapeou o balde com água para longe e saiu do armazém.
            Durante longas semanas, talvez alguns meses, fitava apenas ocasionalmente o rapaz, pela porta enquanto um outro recruta o alimentava. Não se podia envolver, não o podia sentir nem olhar novamente. Nessa altura iria provavelmente ceder. E se para ser forte, o tinha de evitar, então era exactamente isso que iria fazer.
 
I'm: Geometria é infinita
Song: Listen - Beyonce

publicado por Marii R. às 21:29

link do post | Comenta e o Tom levanta a camisola | favorita-me
|

abdominais:
De Ritiik a 5 de Maio de 2009 às 22:04
Hey!
Epaaah *g*
Eu gosto da fic hehehe
É viciante
Eles gostam um do outro mas coise x.x
POSTA!
Beijinho*


De Caroll a 5 de Maio de 2009 às 22:24
Ola meu amor =$

Ai ai ai ai ai *respiraçao irregular só por acaso xD*

Acerio amor, isto é tortura --'

Vais escrever o guiao do Saw VI u.u

A fanfic está excelente, perfeita, e etc etc +_+

Ela gosta dele, e ele dela *Yeeey*

Deemum beijinho e sejam felizes para sempre siim?

Outro tema:

Amor os meus pais disseram qe se nao souber até amanha se vou aí ou nao nao posso ir ='(

Eu nao sei o que fazer, estou completamente em pânico!
Hoje sonhei que me dizias que podia ir, e acordei a chorar ='X

Bem nao te qero forçar a nada, e sinto qe é isso que tenho feito ultimamente.
Desculpa se te tenho feito sentir forçada a fazer o que nao queres.

Mas... oh amor eu nao sei bem o qe se passa comigo!
Posso estar a ser injusta, mas eu simplesmente nao consigo viver assim, a falar tao pouco contigo.

Temos qe arranjar uma soluçao!

Bem,

Amo-te


De Tommazinha a 6 de Maio de 2009 às 17:25
o capitulo ta excelente *.*
esta aproximaçao da rose e do tom ta.me a deixar sem palavras, parece td tao real...
amei msm (para variar =P)
bem dsclp o coment n ser maior mas hj inda tenho q estudar mt e n posso tar mt tpo na net

bjao enormeeeeeee e posta +++++ pleaseeeee


De Melancia a 6 de Maio de 2009 às 17:51
Oh! AMEI!...O capitulo está super expressivo!...A forma como relataste os pensamentos de Rose, isto é, a forma como apresentaste o efeito que Tom provocava em Rose...esclareu me de certa forma que a perfeição realmente existe lol...o capitulo, digo mais uma vez, está mto expressivo! Desencadeaste mto bem o caracter de Rose perante tais circunstancias! Amo o modo como tens vindo a apresentar a personagem do Tom...penso que este seu lado doce se encontra presente, no entanto surpreende quqlquer um, devido ao seu caracter real! PARABENS Marii...mais uma vez conseguiste me viciar na tua fic, obrigada :D

küss


De Maria a 6 de Maio de 2009 às 18:37
Hallo querida! ^^

Estava com tantas, mas tantas saudades de ler a tua maravilhosa Fan Fiction! ^^

OMG...estiveram tão perto, mas tão perto de sentirem o sabor dos lábios um do outro, de se deixarem levar pelo coração e deixarem-se desfrutar do momento...mas Rose afastou-se...:O...que pena!
Passou imenso tempo e Rose não quer ter qualquer contacto com Tom...eles gostam um do outro...mas só porque a Rose tem que se manter forte e concentrada no seu objectivo, não acontece nada entre eles!

Bem, estou mortinha para que postes o próximo capítulo!
Kiss muito grande, querida! xD
Boa sorte para o teste de Geometria! ^^


De a 6 de Maio de 2009 às 20:24
Olááá ^_^

Amei por completo este capitulo, está lindo!! :D
Ela vai mesmo acabar de ceder, vai ter de ser ^_^
Posta mais ^_^
Beijinhos**


De Joanne a 6 de Maio de 2009 às 20:53
Como eu precisava ler um capitulo desta fanfic! E olha que tenho teste intermédio de matemática amanha e vim de proposito so para ler este capitulo ^^
OMG, está tao perfeito. Essa relaçao deles...eu nem sei explicar, tu deixas-me sempre sem palavras para variar xD
A Rose tem uma persoanlidade tao forte, mas ao mesmo tempo vê-se que é muito vulnerável. E por ironia do destino ela foi logo apaixonar-se por quem não pode. E os sentimentos deles, oh parece que consigo sentir tudo, eu visualiso a cena toda, imagino todos os pormenores! Só mesmo tu e a tua escrita para me deixarem assim. E pronto já me sinto mais leve, agora vou voltar ao massacre (= matematica).

Mais! ^^
Beijinho


De Mary17 a 7 de Maio de 2009 às 11:59
Capitulo novo =) quero mais..!


De Joaninh@_Kaulitz ^^ a 9 de Maio de 2009 às 13:43
Olaa Olaaa!!!

Estou cada vez mais a adorar esta fic!!!
aquilo entre eles ainda vai dar coisas!!

Peço desculpa por so agora estar a comentar, mas neste momento só tenho mesmo tempo de vir a net ler e ir embora para estudar, desculpa!!1

Será que podias divulgar o meu blog?

o link é: http://joannek_kaulitz4ever.blogs.sapo.pt/

posta o mais depressa posívell pff

jokinhas



De ourfanfiction a 9 de Maio de 2009 às 19:27
ohh o capítulo está excelente Marii!
"Com a força com que o rapaz a puxou de novo, as suas faces ficaram a escassos centímetros", oh mein gott..imaginei-me no lugar da Rose e acredita que nunca faria o que ela fez! Ela afaastou-se dele! Tu nao tens noção do sorriso que estava nos meus lábios ao pensar que ele iam beijar, mas quando li:
"Tom preparava-se para poder finalmente sentir a Tenente, aproximou-se cada vez mais, até quase os lábios roçarem; mas, Rose foi mais rápida." Porque? Queria mesmo que ela sentisse a senceridade do Tom, porque ele parece ser mesmo sincero nas coisas que lhe diz!
E apesar da personalidade da Rose, e mesmo notorio que ela esta apaixonada plo Tom!
Marii quero mais sff! Eu A-D-O-R-O esta fic! Please!

Love you


Comentar post

Song.

One Republic - Secrets

Download this Mp3 @ Booster MP3

Anteriormente

Feliz Natal

Psychiatrist Me #2

Psychiatrist Me #1

Assusta-me

Arquivo

Votação

Queres a proxima fic baseada na musica:
Alien
World Behind My Wall
That Day
Phantomrider
Attention
Zoom Into Me
In Your Shadow (I Can Shine)
  
pollcode.com free polls
online