Fics

online
Love is not a feeling... It's strength.
Terça-feira, 28 de Abril de 2009

5º Capítulo - Aliados de Sangue

Hey,

Então...estou a recuperar. e por incrivel que pareça escrever ajudou.

Obrigado a todas pelo apoio, mesmo. Vocês são realmente o melhor apoio que podia ter. Nem imaginam o orgulho que sinto em ter leitoras como vocês =).

Espero que gostem do capítulo, gosto muito deste.

Volto em princípio amanhã.

 

Obrigada.

 

Marii K.

 

 

5º Capítulo
 
 
            Era-lhe difícil definir Tom. Era uma espécie de pessoa, que Rose não esperava encontrar naquela situação. Podia ser considerado, uma força da Natureza.
            Rose podia, pelo menos, ver definida, a sua determinação. Estava presente na voz rouca, no peito cheio de ar, nas expressões intrigantes, e no seu olhar.
            Ela sabia, bem dentro de si, que Tom era de facto, um bom Capitão. Contudo, não o queria admitir. Queria ser ela, a força da Natureza. Representar ela a ameaça, ser el quem dominava algo.
            Rose queria ser, sobretudo quem dominava aquelas conversas provocantes. Queria controlar a força de contenção que tinha em si.
            Encostou-se à parede e tentou fazer o mínimo de barulho. Não sabia se o que ia fazer era moral ou humanamente correcto. No entanto preferiu não pensar nisso. Pisou uma lata, fazendo um ruído estridente, e puxou o balde de água para a frente de Tom, que despertava gradualmente.
           
            Piscou os olhos, que sentia a picar, e desejou ardentemente poder levar as mãos aos olhos. O seu corpo entroncado parecia tornar-se mais débil a cada dia.
            - Quando é que me dás água outra vez? – A voz falhava.
            - Oh, vais ter muita água agora.
            Rose mordeu o lábio inferior quando o rapaz suspirou, olhava os seus lábios minuciosamente. E sem saber porquê, apetecia-lhe prová-los. Perder-se naquele tecido que imaginava quente e húmido; doce como mel.
            Desde criança, que o seu sono era perturbado por variados sonhos e pesadelos. No entanto, quando acordava, tudo tinha sido apagado da sua mente. Excepto os sonhos revoltosos que tinha agora. O coração de Rose nunca havia despontado por ninguém, e era nesta altura que os sonhos de amor adolescente e apaixonado apareciam. Era com a face pacífica de Tom, que os sonhos pareciam tornar-se realidade. Estes pensamentos, sobressaltavam Rose, ela queria reprimi-los Rose, ela queria reprimi-los a todo o custo. Seria possível?
            - Queres informações. Eu não as tenho. – Disse Tom, interrompendo os seus pensamentos.
            - Claro que tens.
            Voltou-lhe costas e foi até junto das suas mãos. Soltou-as da cadeira e rapidamente as juntou uma à outra de novo. A pele estava arranhada das cordas, a pele macia que sentia no princípio do braço, não parecia ser a mesma nos pulsos. Como sonhava poder soltá-lo naquele momento. No que estaria a pensar afinal?!
            - Para onde vão as tuas tropas? – Disparou.
            - Já me tratas por tu?
            Rose agarrou na cabeça de Tom, e mergulhou-a na água. Durante um tempo pensou no que lhe restaria naquela vida além da sua pátria, poderia considerar Tom algo como seu?
            Já tinham passado longos segundos, mais de vintes segundos. Puxou a cabeça do Capitão para cima, que resfolegava em busca de ar.
            - Pára Rose… – disse num sussurro.
            - Quem vos comanda?
            - Sabes que não o vou dizer… – falava tão baixo, que parecia ter perdido a voz.
            A sua cabeça foi de novo mergulhada. Rose fechou os olhos… não conseguia ver as mãos de Tom contorcerem-se. Largou-lhe a cabeça e afastou-se. Sentou-se ela também numa cadeira, com a cabeça nas mãos.
            - Rose…
            - Não me trates por Rose!
            - Tu… não… – o ar era-lhe tão escasso que até a rapariga tinha vontade de lhe dar ela mesmo um pouco de oxigénio. Estava agoniada com o som da garganta de Tom, que se engasgava.
            - Quando é que vão atacar?
            Ele limitou-se a abanar a cabeça, tossindo. Rose aproximou-se mais uma vez dele, as mãos já iam incontrolavelmente agarrar-lhe na nuca. Quando algo doce despontou no seu ouvido. O seu braço foi envolvido por algo quente e forte.
            - Rose… tu não queres fazer isto… – segurava os braços da rapariga com doçura, não com a agressividade para depois fugir.
            Ela parou, não sabia para onde tinha ido o seu coração.
 
 
I'm: recovering
Song: Lucky - Jason Mraz feat Colbie

publicado por Marii R. às 22:43

link do post | Comenta e o Tom levanta a camisola | favorita-me
|

abdominais:
De a 28 de Abril de 2009 às 23:12
Oláá Marii :)
Ainda bem que estás a melhorar querida :D

A Rose é tão fria com o Tom, mas não o vai resistir por muito mais tempo ^^
Gostei deste capitulo :D
Muitos beijinhos


De Ritiik a 28 de Abril de 2009 às 23:34
Hey!
Epaaah *g*
Estaaa perfeitooo
Isto deixa-me curiosa
mas eles ja tinham tido um caso antes ou assim?
Epaah, da que pensar xDD
Beijinho *


De Joanne a 29 de Abril de 2009 às 00:08
Oh meu meus, como eu tinha saudades disto, da história, da tua escrita! Eu ja começava mesmo a ficar 'preocupada', digamos, fiquei com medo que nao postasses mais =O
Mas ainda bem que postaste e quanto ao outro post { que eu so vi hoje }, lamento saber disso, e espero que ultrapasses totalmente ^^ Eu sei que nao me conheces de lado nenhum, mas qualquer coisa... Pode parecer estupido, e eu ate nem sou muito dessas coisas, geralmente ate custumo ser muito 'fechada' em relaçao a estas coisas mas sabes, acho que acabamos por ganhar um carinho especial ás pessoas, mesmo sem nunca termos falado com elas. E fico triste por saber que uma pessoa que eu acho muito querida, está em baixo.
Mas bem passando á frente, eu hoje nao devo estar mesmo bem de todo xDD

Eu fico sem saber o que dizer quanto à história. Quando eu penso que já vi o melhor de ti, tu consegues sempre surpeender-me!
Só sei que tudo o que escreves deixa-me sempre a pensar, a reflectir, e isso mais ninguem consegue fazer com a sua escrita.
Estou ansiosa por ver o desenvolver desta historia, o capitão Tom ainda vai amolecer muito o coraçao da Tenente Rose :D

Maaais ^^
Beijinhos


De Caroll a 29 de Abril de 2009 às 14:26
Meu amor'zinho +_+

Como daqui a bocado vens para a net, nao vou dispersar muito xD

Quanto à fic:

AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH +_+

OMG Eu estava mesmo completamente anciosa xD
E o capitulo está maravilhoso!!!

Mesmo, nem sei bem o qe dizer =S
ELES AGORA PODIAM DAR UM BEIJINHO +_+

Só um +_+ Ou dois +_+ Ou três +_+
Ou até coisas demasiado perversas qe nao tens por habito escrever xD

Mais siim amor?

Amo-te para sempre <'333333333333333333333


De Mary17 a 29 de Abril de 2009 às 15:39
Eiei, capitulo muito giro =)
ja tinha suadades xD


De SoniaKaulitz a 29 de Abril de 2009 às 16:25
Opa ta lindo perfeito fantastico e td mais.....

es fantastica.....e n ligues aos comentarios menos compreencivos.....tipo tu e k sabes da tua vida .....primeiro resolve os teus problemas ....apesar de gostarmos mto de ler o k , n morremos se fikarmos uma semana sem ler, afinal keremos.te a escrever FELIZ =)


De Tommazinha a 29 de Abril de 2009 às 17:55
OHHHH MY GODDDDDDD!!!!!!!!!!!!!
Ta perfeito *.*
E o meu capitulo preferido ate agora...eu gostava de ser cm tu rapariga, tu consegues relatar as acçoes de maneira q pareçam msm reais, e por isso q amo tanto esta fic. Ta espectacular a serio, parabens!!!!
Parabens tb pela tua força e de estares a conseguir reagir ao q aconteceu...e mt bom ;)
Ja tava cm bues saudds disto acredita^^

Um grande bjao para a minha escritora preferida e continua cm essa força q tens pq vais msm bem


De Maria a 29 de Abril de 2009 às 19:20
Hallo querida! ^^

Fico muto feliz por estares melhor! Podes sempre contar com o meu apoio e ajuda! Basta dizeres e estarei aqui para te ajudar! ^^

Rose começa a sentir "coisas estranhas" por Tom...tadinho dele, sofreu um pouco...
Espero que ela não lhe faça mais mal...ele é demasiado querido para sofrer! ^_^

Ficarei à espera do próximo capítulo!
Kiss muito grande, querida!
xD


De ourfanfiction a 30 de Abril de 2009 às 21:09
MY BABY..I´m back :D (que felecidade -_-)

Bem os capítulos que eu perdi...Que estupida..agora nnunca irei perder um capítulo que seja..I promisse!
Cada vez me cativas mais com as tuas fics e com a tua escrita..Com ela, tu nao so consegues mostrar um sentimento mas sim dois,isto é, o lado de Rose,acho que está extramamente ...único! Acho que está realmente muito bem pensada e estruturada a personagem! Consegues mostrar o lado bruto e doce dela..=) e O tom e ela agora nas ultimas frases..mein gott.. LOVED IT!
"Ela parou, não sabia para onde tinha ido o seu coração." O tom vai muda-la e eu mal consigo esperar...Iwant more Marii ..I need more!
Desculpa..desculpa outra vez pelo atraso..eu depois explico no meu blog!

P.s--li o outro post e depois quero falara contigo..I love you, you know that, right?!

Kiss

Anica


De Melancia a 3 de Maio de 2009 às 16:05
Oh meu deus! Este capitulo esta absolutamente LINDO!

Antes demais quero pedir desculpa por não ter vindo comentar logo...mas n pude, estou cheia de testes e trabalhos e nunca sei quando posso aqui vir :(

Bem mas o capitulo esta sem duvida na base da PERFEIÇÃO! Acho ate que a ultrapassaste lol...ameiiiii a forma como evidenciaste o carácter de ambos! Principalmente o de Rose, nomeadamente o modo como evidenciaste a dificuldade que ela tinha em agir como a sua profissão exigia! Esta simplesmente único! Penso que nao tenho palavras para descrever, sim porque a minha boca ainda se encontra aberta (estou mais que surpreendida) ! As palavras que escolheste para esclarecer essa impressão que causava em Rose quando agia como tal encaixam na perfeição! Ajudaram bastante na compreensão da mensagem que pretendeste transmitir! Ah e o Tom é o Tom lol! O seu carácter é apresentado com uma pessoa genuína! Não sei, mas fiquei com essa ideia :D

kuss


Comentar post

Song.

One Republic - Secrets

Download this Mp3 @ Booster MP3

Anteriormente

Feliz Natal

Psychiatrist Me #2

Psychiatrist Me #1

Assusta-me

Arquivo

Votação

Queres a proxima fic baseada na musica:
Alien
World Behind My Wall
That Day
Phantomrider
Attention
Zoom Into Me
In Your Shadow (I Can Shine)
  
pollcode.com free polls
online