Fics

online
Love is not a feeling... It's strength.
Quarta-feira, 11 de Fevereiro de 2009

30º Capítulo - Segurança do Amor

Liebes!

 

Estou a trabalhar nas fics, e garanto que posto amanha^^, apesar de sexta feira (13) , ir ter 2 testes, Português e Filosofia. Vou morrer, mas isso é um caso à parte.

 

Hoje a stora de Geometria estava na reprografia quando fui tirar fotocópias para Desenho e começou logo a embirrar comigo por causa do teste --'

- Então Mariana, dormiu bem depois do teste?

- Não.

- Ah! - guincha um bocadinho, feita histérica. - Então porquê? Era tão fácil.

- Eu não achei... Era horrivel.

- Se calhar não estou o suficiente.

- Acho que estudei foi demais.

(depois guinchou e gritou, feita porquinho da índia e lá se calou, quando percebeu que eu já estava com umas trombas descomunais. Raio da mulher grrr....)

 

Vááá....capítulo para a joanne k , porque é uma querida e diz que a minha fic é a preferida dela aweee *.*

 

Beijinho@@@

 

 

30º Capítulo
 
[Sophie]
 
 
        Levava estes dias com uma leveza impressionante. Uma palavra que nunca me tinha dado a ser conhecida. Passava tardes inteiras em casa de Bill e de Tom, as horas que passavam em casa eram tão escassas, que apenas serviam para as minhas necessidades básicas e para ter aulas.
        Muitas das vezes, Tom era chamado pelos meus preocupados pais. A vida deles estava em plena reviravolta, a manifestação continuava em grande, ameaças graves contra a democracia, contra toda a sociedade alemã. Algo que nunca tinha sido visto na história, mas que realmente, me passava ao lado.
        Enquanto Tom trabalhava durante o dia, deixava-me em sua casa, com Bill. Este, trabalhava apenas de noite num bar. As nossas conversas pareciam-me básicas, mas de uma cumplicidade invejável. Se alguém nos olhasse de fora, reconheceria que nos conhecíamos há meses, talvez anos.
        Bill tornara-se no que se pode dizer, o meu melhor amigo. O meu confidente. Ele parecia ter prazer nisso, cada vez que chegava a sua casa, barafustada com o comportamento dos meus pais, ou por qualquer outro problema, ele ouvia-me com paciência, como um amigo que sempre desejei. Sabia que estaria ali, para tudo.
        Aquela tarde era particularmente melancólica. Estava deitada no sofá da sala dos gémeos, com as minhas pernas, sobre as de Bill. Ele olhava atentamente a série da TV, enquanto que os meus pensamentos se encontravam muito longe disso. Algo estava a mudar para mim, algo me perturbava. Ninguém parecia denotar isso, e muito menos perceber a razão do meu medo.
        Voltei-me no sofá, suspirando involuntariamente e ele distraiu-se da televisão, dirigindo o olhar para mim.
Bill: Sophie, está tudo bem?
Eu: Hum hum. Porque não haveria de estar? – Cocei os olhos e fitei o seu olhar brilhante.
Bill: Não sei, costumas falar mais, só isso. – Encolheu os ombros e olhou novamente o televisor.
        A minha atitude de indiferença, fazia afinal, diferença para alguém. Endireitei-me no sofá, sentando-me direita e olhei os meus pés, sem qualquer interesse, procurava apenas palavras.
Eu: Acho que as coisas estão a mudar, sabes?
        Os olhos, tão idênticos aos de Tom, caíram sobre mim, demonstrando preocupação.
Bill: Estás a falar do meu irmão?
Eu: Um pouco, acho que sim…
Bill: O que é que te preocupa Sophie? – Cruzou as pernas no sofá, parecia uma criança interessada numa história de embalar.
Eu: Sem dúvida que as coisas estão a mudar, certo? Não só comigo…mas com toda a Alemanha.
Bill: Sim, mas tu e a tua família, devem estar a senti-lo de uma maneira diferente. E é normal, no fundo é o trabalho do teu pai.
Eu: Pois… mas eu acho que, isto está a afectar um pouco o Tom. Este mês de manifestações, não ajudou ninguém, só lhe deu mais trabalho. Passamos menos tempo juntos…
Bill: É a obrigação dele. – Olhou-me carinhosamente, tentando consolar-me.
Eu: Só queria que o tempo voltasse atrás, que estivesse novamente com ele durante todo o dia. Que voltasse os tempos em que o seu toque estava sempre presente. – Divaguei. – Entendes o que quero dizer?
Bill: Perfeitamente. – E sorriu. – Acho que, podemos tentar resolver isso?
        Ergui uma sobrancelha e ele soltou uma gargalhada. Pegou na minha mão e arrastou-me pela sala. Agarrou na minha mala e fechou a porta à chave. Entrámos no carro e ele finalmente falou:
Bill: Então, como é que se vai para a casa do presidente.
        Sorri, e indiquei-lhe o caminho até pararmos no enorme portão de entrada. Olhámos os olhos um do outro, talvez procurando a coragem.

 


publicado por Marii R. às 21:47

link do post | Comenta e o Tom levanta a camisola | favorita-me
|

abdominais:
De SternI a 11 de Fevereiro de 2009 às 22:57
estou a adorar a fic *.*
+das perferidas perferidas porque o tom é o principal e porque escreves lindamente serio :)

nao quero que ela acabe :$

gosto tanto dela ^^

maisssss =D

kuss


De SternI a 11 de Fevereiro de 2009 às 22:59
muahahaha primeira a comentar xDDD

^^ bj


De SoNIaKAulitz a 12 de Fevereiro de 2009 às 07:46
TAdinho, o Tom trabalha demais....devias dar-lhe umas ferias,nao?....
TA muito boa adoro esta fic....lool...posta + pleeeeese! ...küss


De Mary17 a 12 de Fevereiro de 2009 às 10:47
=) capitulos com o Bill tbm sao sempre giros =D


De Caroll a 12 de Fevereiro de 2009 às 17:04
Meu amoooooooooooooooooor =)

Estou a MORRER de saudades tuas.
E o pior no meio disto tudo é qe digo isto em quase todos os post's.

Sabes o qe tenhu a dizer:

.|. pilinha pró teu msn --'

Vaconcio qe nao me funcionaa --'

Ontem nao falámos =(
E já sei qe hoje tambem nao vamos =(
E amanha se nao falar contigo vou ter contigo de joelhos, antes qe me de o tiripaque --'

Hoje eu e a Ines só dissemos merda, nao imaginas xD

Depois conto-te ^^ Nao é aconselhavel deixar aqui xD



Eles foram ter com o Tom *_____________*
Tao linnnnnnnnndo *________________________*

Qero o proximo siim?

amo-te
I love you
Ich liebe dich
të dua
أحبك
обичам те
t'estimo
miluji tě
爱你
당신을 사랑합니다
volim te
elsker dig
milujem ťa
rad te imam
te amo
armastan sind
mahal ka
rakastan sinua
t'aimer
σε αγαπώ
आपसे प्यार करता / करती हूँ
אוהב אותך
hou van jou
szeretlek
cinta kamu
ti amo
あなたを愛している
mīlu tevi
myliu tave
inħobbok
elsker deg
kocham cię
te iubesc
люблю тебя
волим те
älskar dig
รักเธอ
seni seviyor
люблю тебе
yêu bạn

PS:E viva o Google Tradutor xD xD


De Cris ♥ a 12 de Fevereiro de 2009 às 19:26
Olá querida :) Como foi o teu dia? Vejo que tives-te ai umas pequenas confusoes com uma stora xD os Stores as vezes sinceramente, acham-se muito espertos mas as vezes teem muito que se lhes diga ai ai --" O meu foi Normal, mesmo enorme, mas tirando isso até foi agradavel :) Passou-se, amanha já é sexta-feira o que me anima sempre tantoo :DDD fico toda feliz da vida :DD Mais um capitulo lindoo desta tua fic que amo tantinhoo ^-^ gosteii muitoo mesmooo :))) por isso quero mais um capitulo esta bem fofinha ? Beijocas fofas @


De Joanne a 12 de Fevereiro de 2009 às 20:18
P..para mim? *_____*
Ai credo, não estava mesmo nada á espera x]
Obrigadaaaa *.*
Realmente é mesmo a preferida de todas, só mesmo a tua fic para me fazer vir ao computador quando estou atulhada de testes até ao pescoço :x E depois chego aqui, e vejo ali o capitulo dedicado a mim *.* Gosh fiquei tãão contentee ^^^

Eu já nem tenho palavras para dizer o que sinto ao ler a tua fic, sinceramente x]
O Bill é o confidente dela, tão lindooo. E agora foram fazer uma visitinha ao Tom ^^ Vá lá quero maaais T.T

Posso dizer mais uma vez (só assim mais uma e tal xD) que amo a tua fic? posso? ^^
Eu digo. AMO a tua fic. Pronto x]

Vou-me calar.
Beijinhooos *


De Melancia a 12 de Fevereiro de 2009 às 22:44
lol...adorei este capitulo por causa da relacao dela e do Bill, em termos de personagem acho q conseguiste cria lo de uma forma espontanea q torna a fic mais real lol!...e dsc mas tenho andado ocupada e por isso n comentei!...ah e manda a stora de gd ppo crlh...e boa sorte para os teste lol!bj e continua


De maria inês a 13 de Fevereiro de 2009 às 18:07
gostei tanto do capítulo :')

venho aqui todos os dias ver se já postaste um novo, agora já não vivo sem isto :D


De ourfanfiction a 14 de Fevereiro de 2009 às 15:33
wow...I'm really sorry! So consegui ler agora! est a mesmo mesmo lindo este capitulo!

ela e o bill sao TAO QUERIDOS! O que e que vai acontecer?! vou ler o ja o capitulo seguinte!

P.s- escreves lindamente!

Kiss Kiss

Anica


Comentar post

Song.

One Republic - Secrets

Download this Mp3 @ Booster MP3

Anteriormente

Feliz Natal

Psychiatrist Me #2

Psychiatrist Me #1

Assusta-me

Arquivo

Votação

Queres a proxima fic baseada na musica:
Alien
World Behind My Wall
That Day
Phantomrider
Attention
Zoom Into Me
In Your Shadow (I Can Shine)
  
pollcode.com free polls
online