Fics

online
Love is not a feeling... It's strength.
Sábado, 31 de Janeiro de 2009

24º Capítulo - Segurança do Amor

Hallo=)

Omg obrigada obrigada pelos comentários tanto à fic como ao desenho, assim que tire fotos a outros eu meto aqui entao x)

 

Capítulo para a Rutef_47 =D , e acredita que há muitas coisas que eu faço mal xD por exemplo andar... xD ando sempre aos tropeçoes, escorrego nas folhas que caiem das árvores e tudo, sou um desastre ambulante, e não sei conduzir minimamente, nos carrinhos de choque karts e etc., meto nojo xD, sou a pessoas mais desorientada á face da terra, devia andar sempre com um gps e...qualquer desporto, para mim é uma tortura, entre muuuuiiiiiiittoooooo mais coisas x).

 

Já sei como vai acabar a fic e não sei se vão gostar ou não... mas enfim, não há volta a dar.

 

Ah! E eu devo sempre referir que a maior parte das vezes que posto é porque a minha irmã mete a minha gata na secretária a pressionar-me, ela vem em "missão", para eu não estudar e escrever a fic --' , agradeçam ao animal.

 

P.s.: Já te adicionei no msn rutef, quem queira mais o meu e-mail é:

marianaesparguete@hotmail.com =).

 

Beijinho beijinho@

 

 

24º Capítulo
 
[Sophie]
 
        Empurrei a porta do quarto, esperando ver talvez o olhar desiludido e zangado da minha mãe. Mas a divisão encontrava-se vazia.
        Estendi-me sobre a cama e carreguei no botão da aparelhagem, que fez o som explodir no meu quarto. Passei a mão pelo cabelo, empurrando-o para trás, tirando-o da vista. Como se isso fosse abrir os horizontes ao que a minha mente se questionava.
        Revi o momento em que a Grace chamava o Tom, ao gabinete do meu pai, cada vez menos utilizado. Tentava procurar alguma coisa no rosto dela, que me levasse a compreender a razão daquele chamamento.
        Os segundos pareciam minutos, os minutos horas, as horas tantos e tantos anos. Cada canto do meu quarto já tinha sido percorrido pelo meu passo incerto e nervoso. Cada suspiro que dava parecia não ter fim, a ansiedade apoderava-se de cada batimento do meu coração.
        Pensei quanto tempo esperei por isto. Durante quantos anos observei as carícias dos desconhecidos na rua, e pensei em como seria. Pensei que sensações, teria ao sentir uma outra pele percorrer a minha, como seria o toque de outros lábios sobre os meus, como seria sobretudo poder confiar em alguém. Puder depositar a minha vida no seu coração, como seria ouvir a palavra Amo-te apenas dedicada a mim, uma palavra que eu apenas iria sentir, sozinha, sem segundas intenções ou desamores.
        Tudo isto já tinha vivido, mas pressionava-me a mim mesma a continuar neste mar de esperança e felicidade, desesperava para que nunca acabasse, para que o pudesse ver de segundo a segundo. Desejava puder observar cada lágrima que ele derramasse e cada sorriso em que explodia.
        Quero ficar com ele para sempre, mas sei que a autoridade da minha vida, as regras a que sou submetida, não são as melhores condições.
        Exausta de tanto esperar, após um dia passado sem conhecer o seu paradeiro. Despi-me e vesti o pijama, deslizei por entre os lençóis e cerrei os olhos com a máxima força permitida. Turbilhões de pensamentos, punham à prova a credibilidade da nossa jura. Seria mesmo real que ele iria ficar? Se o tivessem afastado de mim, eu iria com certeza fugir com ele, mas seria mesmo verdade que ele faria o mesmo por mim?
        Pressionei a cabeça com as mãos e voltei-me de costas para a porta, olhando a lua tão brilhante, tão brilhante como o meu por ele. Precisava tanto dele para me consciencializar de cada sentimento que sentia por mim, neste mundo em que já não acredito na pureza das pessoas. Porque seria tão complicado confiar em alguém?
       
        Uma mão percorreu a minha cintura, quando já me inclinava para o mundo dos sonhos e pesadelos. Não me movi, tentei aperceber-me se aquele toque seria mesmo real.
Tom: Estou aqui. – Sussurrou pacientemente. Parecia adivinhar os meus pensamentos.
        Voltei-me rapidamente e abracei-o, lançando os lençóis para longe. Encostei a cabeça ao seu peito, e ao ouvir o batimento regular, pude crer que ele era verdadeiro.
Eu: Já pensava que me tinhas deixado. – gemi.
Tom: Eu sei. Mas isso nunca vai acontecer. – Beijou-me o topo da cabeça e passou a mão pelos meus cabelos.
        Recostou-se na cama e envolveu os meus ombros com o braço.
Eu: O que aconteceu?
Tom: Falamos amanhã. O importante é que estou aqui contigo.
        Fechei os olhos e puxei os lençóis para cima. Ele descalçou os sapatos e despiu a camisola, encostando depois, o seu corpo novamente a mim.
 

 

I'm: Escrever: Talvez no Futuro
Song: My heart will go on - instrumental

publicado por Marii R. às 15:00

link do post | Comenta e o Tom levanta a camisola | favorita-me
|

abdominais:
De Mary17 a 31 de Janeiro de 2009 às 15:30
Yeeii a Julieta é a heroína desta gente toda =)
Quando comecei a ler o capitulo, ela sentou-se logo a frente do ecrã... lol xD

***

A pressão da gata valeu a pena, esta muito giro ;)


De Mary17 a 31 de Janeiro de 2009 às 15:31
Sou sempre a 1º... nao sei porquê, tenho um timing perfeito..! lol xD


De Ritiik a 31 de Janeiro de 2009 às 15:52
Hallo!
Ai mãe... deixaste-me curiosa com a fic 8|
O que é q queriam ao Tomiboy?
OMFT! So espero q ele nao a deixe senao coise --'
Agora podiam coise e tal --'
Beijao@
PS-Posta mais um hoje por favor ºº.


De ourfanfiction a 31 de Janeiro de 2009 às 17:11
Omg MARII..tu deixas uma pessoa completamente !

adoro tudo!..relacionas tudo tao bem!MEIN GOTT..tu deves pensar que disso sempra mesma coisa..mas é verdade..ISTO ESTÁ MAIS QUE PERFEITO!..ESTÁ LINDO!..MY GOD..NO WORDS CAN DESCRIBE THIS!
PLEASE TENS MESMO DE POSTAR MAIS UM CAPITULO HOJE!
NAO ME DEIXES ASSIM!

I LOVE, LOVE, LOVE IT!
Tenho de saber o que vai acontecer! tenho mesmo de saber!

obrigada por postares e obrigada à gata também , claro xD

PLEASE KEEP WRITTING!

kiss Kiss @



De Anna a 31 de Janeiro de 2009 às 18:32
o kue xera k vai akontecer????

tou bue curioxa

a fic ta mt fx

expero pelo proximo cap.

küss


De a 31 de Janeiro de 2009 às 20:00
Adorei este capitulo! =D
Espero mesmo que o Tom não a deixe

Beijinhos*


De Cris ♥ a 31 de Janeiro de 2009 às 20:09
Owas Linda, mais uma vez tenho que te agradeçer pelos teus comentários lindos, são sempre lindos mas eu não me canso nunca de ler e rever todos eles com muito carinho, mais uma vez obrigado pela dedicação que me dás és uma querida, por mais que já o tenha dito muitas vezes não é suficiente e tenho que voltar a dizer ^-^ Bem quanto ao que dizes no inicio do teu post.. oh linda ah sempre coisas que somos melhores e outras piores mas isso é pq o ser humano não é perfeito, embora certas pessoas o pareçam, mas acredito que estas a dizer isso só pq és uma pessoa humilde :PP Porque deves fazer muitas coisas bem e uma delas é escrever esta linda fic que cada dia esta mais linda *-*.
Palavras para este capitulo.. deixa-me pensar.. lindissimo.. não é suficiente pq esta mesmo incrivel, aquele amor deles.. é tão lindo tão perfeito, o Tom ama-a mesmo e não a vai deixar eu tenho acerteza, seja lá o que o destino lhes reserva tenho a sensação que iram ficar os dois juntos :)
Quero mais um Capitulo sim ??
Muitos Beijinhos grandes @@


De Maria a 31 de Janeiro de 2009 às 20:24
Ainda bem que vão ficar juntos...pensei por momentos que ele foi despedido e que foi obrigado a ir-se embora! Mas felizmente está junto dela, para sempre!
^^
Amo tanto esta tua Fan Fic, querida! É linda! ^^
Posta mais, sim? Pleaseee!
Kiss muito grande!
^^


De Melancia a 31 de Janeiro de 2009 às 20:48
AMEI!....simplesmente amei, a forma como tu descreveste o quinto paragrafo ta perfeita, esta tao mas tao veridico q eu nem sem o q dizer mais!...é pbvio q tdo o capitulo em sim ta LINDO, a parte em q o Tom vai ter com ela ta mto querida!...mas aquele paragrafo tornou se especial p´ra mim, secalhar pq as vezes sinto o mesmo...tu conseguiste transmitir em palavras esse sentimento!tu tens um dom, so pode!lol...bjs e continua

Küss


De Caroll a 31 de Janeiro de 2009 às 22:53
Paixaooo ='D

Cortei o cabelo lalalalala x)
Estou coisa, depois mostro-te uma fto ^^

Eles sao tao fofis gott, as caricias que trocam, as palavras qe dirigem um ao outro, sao simplesmente unicas *_*

Nao tou com criatividade para um comentário grande, sorry =X

Amo-te <3


Comentar post

Song.

One Republic - Secrets

Download this Mp3 @ Booster MP3

Anteriormente

Feliz Natal

Psychiatrist Me #2

Psychiatrist Me #1

Assusta-me

Arquivo

Votação

Queres a proxima fic baseada na musica:
Alien
World Behind My Wall
That Day
Phantomrider
Attention
Zoom Into Me
In Your Shadow (I Can Shine)
  
pollcode.com free polls
online