Fics

online
Love is not a feeling... It's strength.
Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2009

22º Capítulo - Segurança do Amor

Hey hey ^^

Obrigada pelos coments awee, e pelos elogios ao desenho  

Vou passar a por alguns desenhos aqui talvez =)

Capítulo para a estrelinha, que diz que a minha voz é perfeita.. é esquisita! xD

 

Beijinho beijinho da Mariana xD

(I'm freakin out)

 

 

 

22º Capítulo
 
[Sophie]
 
        Qualquer palavra de reprovação que me pudessem lançar, em relação ao Tom, seria-me tão indiferente que provavelmente nem penetraria na minha mente, não entraria pelos ouvidos de qualquer maneira.
        Sentindo o calor do seu corpo junto a mim, apercebi-me que era preciso muito mais do que amor, para uma relação se manter de pé. Era precisa dedicação e devoção, junta com a grande loucura. Porque cada resposta que cuspi á minha mãe, mostrava a loucura em forma de amor, algo que ela nunca iria perceber. O seu amor pelo meu pai era visivelmente a atracção pelo poder, apesar de algumas nuances de afecto que se poderia observar à lupa.
        Afastei-me dele e sorri.
Tom: Está tudo bem?
        Assenti com a cabeça e levantei-me da cama, penteando rapidamente o cabelo e procurando na gaveta os meus ténis. Calcei-os sobre o seu olhar e puxei a sua mão.
Eu: Anda.
Tom: Sophie, vais ter aulas.
Eu: Não quero saber.
        Puxei-o e corri o corredor, descendo depois a enorme escadaria. Já no exterior da casa, empurrei-o para o lugar do condutor e sentei-me no outro lado carro e coloquei as mãos no colo.
Eu: Leva-me lá. – Pedi.
        A chave rodou na ignição logo no final das minhas palavras e pude ver toda aquela cidade odiosa de regras, leis e de pessoas metediças atrás de mim.
        A viagem foi rápida, sobre o sol quente da manhã. Ele não proferiu uma única palavra, tal como eu. Ambos sabíamos que não era necessário.
        Quando o carro parou, olhou-me atentamente, com a tarefa completa e segurou o meu queixo, puxando-o para si. Encostou os seus lábios aos meus e abriu a porta do carro. Logo aí pude sentir o perfume das flores e, principalmente, da liberdade.
        Saí também do carro, encontrando a sua mão com a minha, e caminhando até à grandiosa árvore que me tinha acompanhado em sonhos, desde a última vez que a tinha visto.
Eu: Voltaste cá mais desde a última vez? – Perguntei enquanto me sentava á sombra da árvore, a sua mão rodeou a minha cintura e beijou-me o ombro.
Tom: Sim.
Eu: Quando? Porque é que não me trouxeste?
Tom: Porque… porque não podias. – Hesitou, enquanto olhava o horizonte.
Eu: Quando?
Tom: Nos meus dias de folga.
        Engoli em seco e olhei-o preocupada.
Eu: Não ias sair?
Tom: Não.
Eu: Porquê?
Tom: Porque não me interessava sair minimamente.
        Entendi que não queria falar e calei-me. Talvez fosse algum assunto delicado para ele, mas ansiava que ele partilhasse tudo comigo. De qualquer maneira, não iria cair na desilusão.
Tom: Tu já me ocupavas todo o tempo nessa altura. Era apenas tu que me interessavas. Esperei que compreendesses isso. – Lamentou-se, arrancando uma pequena era do chão e brincou com ela ocasionalmente.
Eu: Era difícil de entender, não falavas comigo. Ignoravas-me.
Tom: Apenas me continha.
Eu: Não devias.
Tom: Eu sei. Agora, sei. Prometo que não o faço de novo.
Eu: Acho bem. – Disse que um ar imponente, beijando a sua face.
Tom: Achas porquê?
Eu: Porque me fazes sentir diferente, contigo sou livre, não me prendem. Certo?
Tom: Comigo podes ser tu própria, é talvez essa a diferença.
Eu: É de facto… – beijei-o. – Uma óptima diferença. – Beijei-o novamente.
        Passou a mão sobre o meu rosto e sorriu.
Tom: Eu, realmente fugia contigo também.
 
 

 

I'm: Trabalho de português
Song: OASIS ATÉ AO INFINITO!

publicado por Marii R. às 22:00

link do post | Comenta e o Tom levanta a camisola | favorita-me
|

abdominais:
De Mary17 a 26 de Janeiro de 2009 às 22:18
tsss... Oasis ate ao infinito... ate ao infinito e no concerto xxDD


De Mary17 a 26 de Janeiro de 2009 às 22:18
Oh yeah, I'm the first!
King of the castle =D


De a 26 de Janeiro de 2009 às 23:09
Ai, tou a amar cada vez mais a fic =D
Eles os dois ficam simplemente tão queridos juntinhos *__*

Beijinhoos


De Joanne a 26 de Janeiro de 2009 às 23:14
Já nem sei o que dizer mais x]
O que posso dizer, vá o mesmo que digo das outras coisas, que esta fic é perfeita <3
Escreves mesmo MUITO bem, não me canso de dizer, muito sinceramente.

Esse Tom :'$ posha a Sophie tem mesmo sorte ^^
Quero mais T.T
Beijinhos


De Joanne a 26 de Janeiro de 2009 às 23:15
das outras vezes * (enganei-me)


De Biah_th a 26 de Janeiro de 2009 às 23:50
Que lindo! *.*
fugir por amor, é a coisa mais louca e linda que pode ser feito. Claro que quando temos a razão.
Adorei!
MORE

Tchus ;*


De lais_fanfics a 27 de Janeiro de 2009 às 01:08
Continuaaa


Capitulo perfeitoo

essa fic me faz sonhar!!♥

Küss♥


De Cris ♥ a 27 de Janeiro de 2009 às 13:26
Owas :)))) Como estas ? Espero que melhor que eu pelo menos ^-^ mas isso não intereça é escusado dizer que tentarei sempre comentar a tua fic porque é linda e porque adoro-a e este capitulo esta lindo aserio. Cada dia que passa o Amor deles se torna mais forte, capaz de atravessar tudo e todos.. de enfrentar multidoes e acima de tudo ficarem juntos.. amarem-se como eles se amam.. lindo demais realmente.. não existe outra palavra para descrever estas lindissimas historias de amor cheias de emoção, eu amo mesmo a tua fic, e desejo sempre ler mais um pedaçinho, sei que possivelmente digo isto a cada capitulo mas é que cada capitulo teem algo que me emociona mesmo muito !!!
Muitos Beijinhos fofinhosss @@@


De Melancia a 27 de Janeiro de 2009 às 15:37
ohhhh....eles sao tao queridos!!!ah e adorei esta ultima frase dita pelo Tom "Eu, realmente fugia contigo também."...csgues smp ser original!lol...bjs e continua


De Caroll a 27 de Janeiro de 2009 às 17:40
OMFG Paixao O.o

Desculpa n ter comentado o post anterior, sou uma desgraçada --'

EU AMO-TE!

Pronto já disse x) E voltaria a dizer vezes sem conta, porque me faz bem dizer uma verdade no meio da mentira porque a minha vida é composta =X

Tu es verdadeira, és unica, penso que a unica "coisa" verdadeira em tudo o que me dizem =$

O desenho qe fizeste está perfeito, mas n tanto como tu, pois é impossivel lalalala x)

O Capitulo tá tao coiso caredo O.o Tá mesmo mesmo lindo, nem sei o que dizer!!!!

Amor tive uma ideia ( o meu cérebro começou a funcionar, calmamente mas anda --') E coiso, se eu te ligar do meu telefone fixo para o teu fixo nao pago nada, ou seja nao temos que nos preocupar com o tempo *_*

Tens telefone fixo? É que se tivesses era mesmo suuper bom *_*

QERO-T ONLINE! Ok ?

Amo-te <3


De Maria a 27 de Janeiro de 2009 às 19:31
Voltaram para o sítio especial deles! ^^
Amo cada vez mais e mais a tua fic querida!
Está fantástica!
Espero pelo próximo capítulo!
Kiss muito grande, querida!
^^
PS: mTE MAIS DESENHOS, PORQUE O OUTRO ERA LINDO MESMO! ^^


Comentar post

Song.

One Republic - Secrets

Download this Mp3 @ Booster MP3

Anteriormente

Feliz Natal

Psychiatrist Me #2

Psychiatrist Me #1

Assusta-me

Arquivo

Votação

Queres a proxima fic baseada na musica:
Alien
World Behind My Wall
That Day
Phantomrider
Attention
Zoom Into Me
In Your Shadow (I Can Shine)
  
pollcode.com free polls
online